João Pessoa 22/06/2018 05:43Hs

Início » Mundo » Facção talibã assume ataque que matou 65

Facção talibã assume ataque que matou 65

Grupo explodiu bomba em cidade paquistanesa neste domingo (27)

talibã assumeA facção do Talibã Jamaat-ul-Ahrar disse que foi a responsável por um ataque a bomba que matou ao menos 65 pessoas na cidade paquistanesa de Lahore neste domingo, e afirmou que o alvo do ataque foi a minoria cristã do país, majoritariamente muçulmano.

“O alvo foram os cristãos”, disse um porta-voz da facção, Ehsanullah Ehsan. “Nós quisemos mandar essa mensagem para o primeiro-ministro Nawaz Sharif, de que nós entramos em Lahore. Ele pode fazer o que quiser, mas não será capaz de nos parar. Nossos homens-bomba vão continuar com esses ataques.”

O suicida explodiu bomba no parque Gulshan-e-Iqbal, que tem uma área de recreação para crianças. No momento da explosão (19h, horário do Paquistão), o local estava cheio de famílias, que lá passavam o fim da tarde do domingo de Páscoa.

O governo da província de Punjab, cuja capital é Lahore, decretou estado de emergência em todos os hospitais da cidade.

Por motivo de segurança, foram fechados todos os demais parques de Lahore, a segunda maior cidade do Paquistão, com 10 milhões de habitantes. Zonas comerciais também foram fechadas e rapidamente o a área central de Lahore ficou deserta.

Militantes do Islã no Paquistão têm atacado cristãos e outras minorias religiosas com frequência ao longo da última década. Os cristãos acusam o governo do país de poucos esforços para protegê-los.

Band