João Pessoa 15/07/2018 21:04Hs

Início » Mundo » Silvio Berlusconi pede eleições ‘imediatas’ em Roma

Silvio Berlusconi pede eleições ‘imediatas’ em Roma

Grande esquema de corrupção abalou a capital italiana

QUIRINALE: CAV,NOME CONDIVISO NON PRIORITÀ RISPETTO ITALICUMComo resposta ao escândalo de corrupção que atinge a cidade de Roma, o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi pediu nesta sexta-feira (5) a dissolução imediata da Câmara Municipal da capital italiana e a convocação de novas eleições.
“Acredito que frente à situação que está emergindo da investigação sobre a gestão em Roma, as forças políticas devem reagir. A única solução aceitável é a dissolução da Câmara”, afirmou o líder da legenda conservadora Forza Italia (FI), que faz oposição ao atual prefeito, Ignazio Marino, do centro-esquerdista Partido Democrático (PD).
.O esquema que abalou a política da Itália tem como centro o ex-chefe municipal da cidade Gianni Alemanno (2008-2013), que já foi ministro de Berluscon Ele seria um dos expoentes de um grupo que fraudava contratos públicos, extorquia funcionários e fazia lavagem de dinheiro, sempre usando métodos mafiosos.
O acusado de ser o chefe do bando é o ex-terrorista de extrema-direita Massimo Carminati, que foi detido pela Polícia ao lado de mais 36 pessoas, entre as quais não está Alemanno. No entanto, o número de investigados chega a 76, incluindo o ex-presidente da Câmara Municipal Mirko Coratti (PD), que renunciou ao cargo por causa do inquérito.
Como resultado da investigação, o atual prefeito de Roma avalia usar uma escolta e deixou de andar de bicicleta pela capital. Segundo um dos presos, a organização mafiosa torcia para Marino não assumir a Prefeitura.

 

Agencia Ansa