João Pessoa 23/06/2018 12:03Hs

Início » Mundo » Tribunal alemão condena jovem jihadista que entrou para o grupo Estado Islâmico

Tribunal alemão condena jovem jihadista que entrou para o grupo Estado Islâmico

alemanha condena gihadistaUm tribunal alemão condenou a três anos e nove meses de prisão nesta sexta-feira (5) um jovem jihadista de 20 anos que decidiu integrar o grupo Estado Islâmico (EI) na Síria. Esta é a primeira vez que a Justiça condena um alemão por este motivo.

 Kreshnik Berisha foi condenado pelo tribunal de Frankfurt por “pertencer a uma organização terrorista estrangeira.” De julho a novembro de 2013, ele esteve na Síria ao lado dos combatentes do Estado Islâmico, para lutar contra as forças do presidente Bashar al-Assad. Ele foi preso em 12 de dezembro do ano passado no aeroporto de Frankfurt, quando voltava do país.

Berisha podia ter pego até 10 anos de prisão, mas em sua primeira audiência, no dia 15 de setembro, os juízes propuseram uma pena mais curta em troca de uma confissão. Durante o processo, o jovem admitiu ter se engajado no EI, dizendo que tinha o “o dever de lutar contra a opressão e a tirania.”

Ministério Público pede quatro anos de prisão

O Ministério Público pediu na sexta-feira passada quatro anos e três meses de prisão para o jovem alemão. O promotor Dieter Killmer disse ter “dúvidas” sobre o real arrependimento expressado pelo jovem durante o processo.

De acordo com o ministro do Interior alemão, Thomas de Maizière, cerca de 550 alemães já deixaram o país para combater ao lado dos extremistas do Estado Islâmico na Síria e no Iraque, um fenômeno que preocupa toda a Europa. Pelo menos 60 deles morreram.