João Pessoa 22/04/2018 23:36Hs

Início » Notícias » Alvo de operação da PF, empresário Roberto Santiago se diz surpreso: “Não cometi nenhum ato ilícito”

Alvo de operação da PF, empresário Roberto Santiago se diz surpreso: “Não cometi nenhum ato ilícito”

Operação Xeque-Mate teve como alvo de busca e apreensão a casa do empresário, nesta terça-feira (3)

O empresário Roberto Santiago, que teve a sua residência como alvo de busca e apreensão durante a Operação Xeque-Mate da Polícia Federal e Ministério Público da Paraíba, nesta terça-feira (3), se pronunciou sobre o caso, se disse surpreso com a ação e garantiu não ter cometido “nenhum ato ilícito”. Operação teve como objetivo desarticular um esquema de corrupção na administração pública da cidade.

Roberto Santiago foi citado na delação de Lucas Santino, mas, segundo a PF, não há elementos suficientes que impliquem uma prisão preventiva do empreendedor. A Polícia Federal se limitou a afirmar que alguns documentos e um computador foram apreendidos na residência de Santiago, explicando que o procedimento tem por objetivo investigar um ponto dito por Santino, observado que o empresário teria influenciado membros do Legislativo de Cabedelo a impedirem a construção de um shopping na cidade portuária.

Veja nota:

NOTA À IMPRENSA

Construí minha vida tendo como signo o trabalho honesto e estou profundamente surpreso com a operação ocorrida hoje. Tenho a plena convicção de que não cometi nenhum ato ilícito e não tenho qualquer relação administrativa ou funcional com os Poderes Executivo e Legislativo de Cabedelo. Estou, e como sempre estive, colaborando e à disposição da Justiça e das Instituições.

Roberto Santiago