João Pessoa 21/05/2018 07:14Hs

Início » Notícias » Bares podem ser proibidos de vender bebidas a pessoas armadas, prevê projeto na Alepe

Bares podem ser proibidos de vender bebidas a pessoas armadas, prevê projeto na Alepe

Proposta do deputado Lucas proíbe casas noturnas e bares de venderem bebidas alcoólicas para pessoas que estejam portando armas de fogo em Pernambuco

beber armado‘Um dos lugares que mais gera discórdia entre sociedade e Estado são as casas noturnas e congêneres’, diz a justificativa do deputado

Casas noturnas e bares podem ser proibidas de vender bebidas alcoólicas para pessoas que estejam portando arma de fogo, se um projeto de Lei em tramitação na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) for aprovado. A proposta do deputado Lucas Ramos (PSB) prevê que os estabelecimentos que descumprirem essa regra podem ser multados em até R$ 10 mil ou ter o alvará de funcionamento cassado.

O texto prevê que sejam distribuídos cartelas ou comandas com cores diferenciadas para essas pessoas, com uma proibição expressa da venda de bebida alcoólica.deputado lucas pe

A proposta também determina que as pessoas que portarem armas devem assinar termos de identificação e responsabilidade, com dados pessoais, horário de ingresso no recinto e informações sobre a arma de fogo.

“Mas um dos lugares que mais gera discórdia entre sociedade e Estado são as casas noturnas e congêneres. Já houve casos extremos de policiais se alterarem ? dentro e fora de casas noturnas, bares e similares ? e saírem atirando. É claro que em muitos desses incidentes os servidores públicos tinham ingerido bebida alcoólica”, diz o deputado na justificativa.

“Por isso, para prevenir a população do uso indevido de arma de fogo, Estado de Pernambuco, sai na frente propondo uma lei que proíbe a combinação álcool e projétil”, emenda o parlamentar.

O projeto ainda passará pelas comissões antes de ser votado no plenário da Alepe. Ele passaria a vigorar 90 dias após a eventual sanção do governador Paulo Câmara (PSB).

JC Online