João Pessoa 22/06/2018 22:26Hs

Início » Notícias » Brasileiros têm voo cancelado e dormem em “camas” improvisadas no aeroporto

Brasileiros têm voo cancelado e dormem em “camas” improvisadas no aeroporto

Segundo uma passageira, que pegaria o voo 087 da TAP de Lisboa para Guarulhos, a companhia aérea improvisou camas na área de embarque para acomodar os passageiros: "Não tem banho, comida, nem nada", reclamou

Segundo passageiros, companhia aérea improvisou camas na área de embarque(foto: Reprodução/Facebook)
Mais de cem passageiros, a maioria brasileiros, reclamam estar desde domingo (29/4) no Aeroporto de Lisboa, após terem o voo cancelado. O voo 087 da empresa TAP, com destino a Guarulhos, São Paulo, foi cancelado por motivos de ordem técnica, segundo informação divulgada no Twitter da empresa, nesta segunda-feira (30/4).

O voo deveria ter saído de Lisboa às 23h20 de ontem, para chegar em Guarulhos por volta das 05h20 de hoje. No entanto, alguns vídeos e relatos de passageiros indignados se espalharam pelas redes sociais na manhã de hoje, após terem passado a noite no aeroporto.

Adriano Souza, um dos passageiros em questão, escreveu no Facebook que a empresa não ofereceu nenhuma solução para amenizar o incômodo dos passageiros.

“Simplesmente uma vergonha o que estão fazendo com os clientes. O voo TP0087 de 29/04/18 foi cancelado e já passam das 3h da manhã. Não nos direcionam a hotéis. Não remarcam nossas passagens. Não têm solução alguma. A atendente disse para procurarmos hotéis ou dormiremos no aeroporto. Entre as pessoas que estão no local há vários idosos com, mais de 80 anos e crianças. Pessoas com mobilidade reduzida. Não nos deixaram filmar o que falavam, sob ameaça de chamar a polícia. Nossas malas estão retidas (de um voo inteiro de um A320-200). Uma vergonha”, escreveu Adriano.

Segundo uma passageira, que pegaria a mesma aeronave, a companhia aérea improvisou camas na área de embarque para acomodar os passageiros: “Não tem banho, comida, nem nada”, disse Patrícia Barbosa, no Facebook.

Outros passageiros ainda reclamaram que, além de não terem sido encaminhados para hotéis e submetidos a dormir no aeroporto, foi dado apenas um pequeno sanduíche para passar a noite. Outra reclamação é que a empresa não forneceu informações sobre o ocorrido.

Segundo informações do site da ANA (Aeroportos de Portugal), os passageiros que tiveram seu voo cancelado, e que não tenham sido informados nos 14 dias anteriores à viagem, têm direito a uma indenização financeira. “De igual forma, tem direito a ser indenizado caso não tenha sido reencaminhado dentro de um horário próximo do originalmente previsto, ou se a transportadora aérea não conseguir provar que o cancelamento foi motivado por circunstâncias extraordinárias”.

Há a expectativa de que os passageiros sejam recolocados no voo TP 2553, que sai de Lisboa na tarde de hoje. As aeronaves A320-200 têm capacidade para transportar 174 passageiros, segundo informações do site da TAP Portugal.

Correio Braziliense