João Pessoa 22/05/2018 10:15Hs

Início » Notícias » Decisão sobre verba eleitoral acirra disputa para Executiva do PSDB

Decisão sobre verba eleitoral acirra disputa para Executiva do PSDB

Alckmin indicará novo tesoureiro - Verba de campanha será limitada em 18 - Aécio e Tasso miram verba de Instituto

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, é apontado como uma saída para o racha do PSDB

A avaliação dos tucanos é que 1 dos principais motivos que levou Geraldo Alckmin a se colocar como 1 nome de consenso para a presidência do PSDB foi ter nas mãos o destino da verba eleitoral de 2018. Com a reforma política, as Executivas dos partidos decidirão sobre a divisão do dinheiro do fundo público de campanhas dentro de cada legenda.

O governador de São Paulo indicará o substituto do atual tesoureiro, deputado Rodrigo de Castro (MG). Com a verba limitada pelo fundo eleitoral aprovado em outubro, os partidos precisarão definir os candidatos para quem destinarão a maior parte do dinheiro para campanhas

A disputa por espaço na cúpula partidária também se acirrou nas diferentes alas do partido. Os grupos próximos ao mineiro Aécio Neves e o encabeçado por Tasso Jereissati (CE) também querem espaço na executiva.

O presidente licenciado, Aécio, lutou até o fim para manter o controle da tesouraria. Agora, mira o ITV (Instituto Teotônio Vilela), que também conta com verba e exposição no partido. Tasso Jereissati entrará na disputa e tentará indicar alguém do seu grupo para o posto.

O atual presidente do ITV, o ex-senador José Aníbal (SP), desagradou a todos ao centralizar a elaboração do documento “O Brasil que queremos” (leia a íntegra), com novas diretrizes para o programa partidário. A ala de Tasso diz que nem os economistas do PSDB foram consultados.

Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Poder360