João Pessoa 20/07/2018 00:55Hs

Início » Notícias » ‘Democracia só para quem tem dinheiro não é democracia’, diz Ricardo Coutinho contra Distritão

‘Democracia só para quem tem dinheiro não é democracia’, diz Ricardo Coutinho contra Distritão

“Estão acabando com a política, tornando coisa de gente poderosa e rica é o que eles querem, um sistema que garanta a perpetuação dos que lá estão”, disse o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), criticando o Distritão, ponto mais polêmico da Reforma Política aprovada em comissão da Câmara e em vias de ser votada no Plenário da Casa.

O governador ainda alertou que ele poderia dizer que neste momento o Distritão poderia ser bom para o seu grupo, pois vão eleger seus candidatos, porém “não penso de forma tão mesquinha e não estou contaminado como alguns estão”, disse.

De acordo com Ricardo, essa forma pega 70% dos votos do povo e joga na lata do lixo, acrescentando que o sistema proporcional também é ruim, mas todo voto é aproveitado dando espaço para as representações de classes e o povo organizado que não tem dinheiro.

O socialista também criticou o fato de a reforma estar sendo votada de forma tão urgente, ele também falou a respeito do financiamento de campanha que para o gestor deveria ser exclusivamente público.

“Alguns dizem que é um gasto a mais, mas o é da atual forma onde você tem caixa 2, desvios e ao mesmo tempo quem paga isso? o povo. Isso é um gasto a menos porque o gasto paralelo hoje é muito maior. Política tem que ser para todos ou você acha que num regime como esse eu chegaria a ser governador? eu teria conseguido a eleição de vereador? não falo por mim, mas dos movimentos, as coisas reais, democracia só para quem tem dinheiro não é democracia”, arrematou.

Marília Domingues / Adelton Alves