João Pessoa 20/08/2018 22:55Hs

Início » Notícias » Dilma descarta fim do Minha Casa, Minha Vida, e anuncia fase 3 do programa

Dilma descarta fim do Minha Casa, Minha Vida, e anuncia fase 3 do programa

Presidente participou de entrega de moradias em Maricá nesta sexta-feira

dilma minha casaA presidenta Dilma Rousseff participou, na manhã desta sexta-feira (31/7), da entrega de 2.932 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, em Maricá, região Metropolitana do Rio de Janeiro. Dilma enfatizou a importância do programa para a classe mais carente, que reconhecidamente fez um esforço para adquirir o seu imóvel. A presidenta descartou qualquer boato de o programa acabar, dizendo que o investimento tem prioridade na sua gestão pelo fato de tirar grande parte da população do aluguel e, assim, injetar recursos na economia e na geração de emprego. A previsão é de entregar mais de 7 milhões de moradias até o final da sua gestão. Dilma destacou ainda que o governo está fazendo grande esforço para controlar a inflação.

“Quero dizer que estamos hoje, no Brasil, fazendo um grande esforço para o país voltar a crescer, para a gente controlar a inflação. Estamos numa travessia, daí a importância do Minha Casa, Minha Vida”, disse a presidente, acrescentando que o programa habitacional é prioridade do governo, porque, segundo ela, além de proporcionar moradia própria para apopulação, também “gira a roda da economia”.

“Ficam dizendo que estamos passando por dificuldades econômicas e dizendo que o programa vai acabar. Não vai não. Primeiro, porque é importante para povo brasileiro, para quem não tinha oportunidade […] Não vai acabar também por outro motivo. Além de a gente construir casa, a gente cria emprego […] Aqui gira a roda da economia”, afirmou.

Dilma afirmou que a a fase 3 do Minha Casa, Minha Vida vai atingir uma nova camada de brasileiros. No Brasil, o programa já beneficiou mais de 9,2 milhões de pessoas, com a entrega de 2,3 milhões de moradias em todo o país. Já no estado do Rio de Janeiro, foram entregues 91.861 unidades, beneficiando 367 mil pessoas.

Dilma disse também que tem orgulho dos investimento do governo federal no Rio. Ela citou o sucesso do Mais Médicos e das escolas técnicas, que já atendem centenas de estudantes. Ainda no palco, a presidenta recebeu de três moradoras chamadas Dilma, um quadro com os dizeres “Somos todas Dilma”. Os moradores receberam a presidente entoando gritos de “Olê, olê, olá, Dilma, Dilma.”

Ela estava acompanhada do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, da presidente da Caixa, Miriam Belchior, do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, do prefeito de Maricá, Washington Quaquá, além de outras autoridades.

O ministro das Cidades, Roberto Kassab,  destacou que quase 27 milhões de pessoas devem ser beneficiadas com o programa federal até o final do governo de Dilma Rousseff. Ao receber as chaves da casa própria, enfatizou Kassab, a população consegue se livrar do aluguel e levar uma vida de mais tranquilidade financeira.

O governador Pezão destacou que o Minha Casa, Minha Vida é um dos “melhores programas federais”, ressaltando que os beneficiados em governos anteriores não passavam “nem na porta da Caixa”. Pezão elogiou ainda o sucesso do programa Mais Médicos no estado, que tem atendido os moradores nas áreas mais distantes da capital.

Mais de 11 mil pessoas foram beneficiadas com a entrega das novas unidades nos Residenciais Carlos Alberto Soares de Freitas (1.460 unidades) e Carlos Marighella (1.472 unidades), em Maricá. Os empreendimentos, somados, receberam investimento de R$ 195 milhões.

Jornal do Brasil