João Pessoa 22/04/2018 16:18Hs

Início » Notícias » Disputa pela presidência do Treze será entre Olavo Rodrigues e Petrônio Gadelha

Disputa pela presidência do Treze será entre Olavo Rodrigues e Petrônio Gadelha

presidencia do trezeO Treze vai ter mesmo duas chapas concorrendo nas eleições marcadas para o dia 3 de novembro. O ex-presidente Patrônio Gadelha vai enfrentar o também ex-difigente galista Olavo Rodriuges. O Futuro do Treze deve ser definido por cerca de 100 conselheiros do clube. Petrônio terá como vice Sérgio Gayoso, enquanto que Olavo tem como companheiro de chapa, o vereador  Sargento Regis.

Os dois ex-presidentes vão disputar os votos de 79 conselheiros vitalícios e também dos 23 ex-presidentes do clube, que acabam se tornando o que no Alvinegro se denomina de conselheiro nato. Só que, apesar do total de 102 votantes, a comissão eleitoral, que tem à frente o presidente interino Renato Castro, ainda vai analisar a situação de todos os conselheiros. Isso porque só aqueles que estiverem totalmente em dia com suas obrigações financeiras com o clube vão poder exercer o poder de voto na terça-feira, o que indica que este número deve ser menor.

Independente do resultado de quem vença as eleições internas do Treze, a temporada de 2016 do Treze vai começar na próxima quarta-feira,Pelo menos é esta a conclusão que se chega ao analisar os discursos dos dois postulantes ao cargo de presidente do Galo, Olavo Rodrigues e Petrônio Gadelha. Ambos os candidatos dizem que já estão apalavrados com suas respectivas comissões técnicas; e em caso de serem eleitos devem dar o pontapé inicial para o Campeonato Paraibano do ano seguinte logo após o resultado final.

Olavo Rodrigues,  afirmou tentou o entendimento com vários ex-presidentes do Treze, mas não houve consenso. Ele  já até agendou uma entrevista coletiva para às 10h de quarta-feira justamente para tratar do que chamou de um “novo Treze”.

Petrônio vai ter como candidato a vice-presidente o engenheiro Paulo Sérgio Gayoso. Ele se disse confiante na vitória e firmou um pacto para o futuro. Já Fábio Azevedo que apoia a candidatura de Petrônio Gadelha,  disse que está confiante na vitória do seu grupo.

O próximo presidente do Treze vai ter o desafio de iniciar o planejamento para a única disputa que o time está garantido na próxima temporada. O próximo mandatário vai ter um prazo de um ano à frente do clube, justamente para concluir o período para o qual Bebeto Silva foi eleito. Isto porque este acabou renunciando ao cargo logo após o fim da Série D do Campeonato Brasileiro.

Severino Lopes

PBAgora