João Pessoa 18/07/2018 14:50Hs

Início » Notícias » EUA fecham acordo inicial com Brasil para evitar sobretaxa às importações

EUA fecham acordo inicial com Brasil para evitar sobretaxa às importações

Detalhes serão divulgados em 30 dias - Argentina e Austrália também negociaram

O Brasil é o 2º maior exportador de aço para os EUA, ficando atrás apenas do CanadáBeto Barata/PR

Os Estados Unidos fecharam 1 acordo inicial com Brasil, Argentina e Austrália para evitar a aplicação de sobretaxas sobre as importações de aço e alumínio. Segundo a Casa Branca, os detalhes serão apresentados em até 30 dias.

No início de março, o presidente dos EUA, Donald Trump, afirmou que o país passaria a aplicar taxas de 25% sobre as importações de aço e de 10% sobre as de alumínio. O anúncio levou à ameaça de uma guerra comercial mundial e foi recebido com preocupação com diversos países, que se mobilizaram para conseguir isenção.

Assim, as medidas entraram em vigor em 23 de março, mas deixaram de fora, temporariamente, Brasil, Austrália, Argentina, Coreia de Sul, México, Canadá e União Europeia. Os países tinham até esta 3ª feira (30.abr.2018) para chegar a 1 acordo com os EUA.

A Casa Branca adiou também por mais 30 dias a imposição das taxas sobre União Europeia, Canadá e México. O novo prazo será utilizado para negociação. A Coreia do Sul já finalizou o acordo.

EXPORTAÇÕES DO BRASIL

O Brasil é o 2º maior exportador de aço para os EUA, ficando atrás apenas do Canadá. Segundo dados do Mdic (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços), em 2017, R$ 2,63 bilhões em aço foram exportados para o país. O montante corresponde a 33% do que o Brasil exportou de aço no período.


Em 2017, o país também exportou R$ 120 milhões em alumínio para os EUA.

 Poder360