João Pessoa 17/07/2018 23:10Hs

Início » Notícias » França elimina a Argentina em jogo de duas viradas e 7 gols

França elimina a Argentina em jogo de duas viradas e 7 gols

Em jogo emocionante, Mbappé faz dois e comanda virada francesa sobre a equipe de Messi

França e Argentina abriram as oitavas da Copa do Mundo com um dos melhores jogos da torneio até o momento. Num verdadeiro jogaço, os franceses aproveitaram as falhas na defesa e conseguiram derrotar os sul-americanos por 4 a 3 numa ótima atuação na Arena Kazan.

A partida teve um início arrasador e Griezmann abriu o placar cobrando pênalti logo aos 7 minutos. O empate argentino veio com um lindo gol de Di María de fora da área. A albiceleste conseguiu virar logo no segundo minuto do segundo tempo com Mercado. Aos 11 minutos, Pavardacertou um chute espetacular na entrada da área e deu nova igualdade para a partida. A virada francesa veio com dois gols de Mbappé, um aos 18 e outro aos 22 da etapa final. Nos acréscimos Aguero apareceu livre na pequena área e descontou, mas já não deva mais tempo

O resultado garante os Les Bleus nas quartas de final da competição. A partida está marcada para a próxima sexta-feira, às 11h (de Brasília) no estádio de Novgorod. O adversário francês será decidido ainda nesta sábado, na partida entre Portugal e Uruguai.

O jogo – A partida começou com um ritmo alucinante. A Argentina tentava ficar mais com a bola, porém a França demonstrava uma velocidade impressionante nos contra-ataques. Foi a partir de um contra golpe que a primeira jogada de perigo francesa aconteceu na partida aos 8 minutos. Num lance rápido Mbappé saiu no mano a mano com Mascherano e foi derrubado na entrada da área. Na cobrança, Griezmann acertou um chute forte no travessão.

A França foi deixando claro que os contra golpes puxados na velocidade de Mbappé seria a sua arma nos primeiros minutos. Não demorou muito para que o atacante conseguisse novamente sair no mano a mano com o defensor, desta vez Rojo. O francês passou pelo defensor e ia sair cara a cara com o goleiro, porém foi derrubado dentro da área pelo marcador e o juiz marcou o pênalti. Na cobrança, Griezmann bateu no lado direito e o goleiro caiu para a esquerda, e o placar foi aberto aos 12 minutos.

Cinco minutos mais tarde, Pogba lançou uma linda bola para Mbappé novamente vencer a defesa sul-americana na corrida. O atacante precisou novamente ser derrubado na entrada da área, conseguindo criar três chances de perigo da mesma maneira em menos de 15 minutos. Na cobrança da falta, Pogba chutou forte porém longe do gol.

Após este terceiro lance, a França diminuiu um pouco o seu ritmo dentro de campo, porém a Argentina não conseguia criar uma chance perigosa. Sem conseguir desempenhar muito bem como falso 9, Messi precisou sair da área e buscar o jogo no meio de campo, mas não conseguia criar as jogadas.

No entanto, num lance raro de liberdade na entrada da área, Dí Maria decidiu arriscar aos 40 minutos e acertou um chute lindíssimo no ângulo esquerdo do goleiro Lloris, que nada pôde fazer.

Da mesma forma que a partida começou intensa, o segundo tempo também começou alucinante. Logo aos dois minutos de partida, a Argentina conseguiu uma falta pela ponta esquerda, a bola foi levantada na área e sobrou para Messi dentro da área. O camisa 10 tentou a finalização mas a bola desviou em Mercado e foi para o gol, confirmando a virada  da Argentina.

Após a virada argentina, a França começou a subir a marcação e pressionar o adversário. Aos 10 minutos, a pressão na marcação por pouco não rendeu o gol de empate. Pressionado por Griezmann, o zagueiro Fazio recou mal para o goleiro e por pouco não complicou a vida de Armani.

Aos 12 minutos, Lucas Hernández apareceu livre pela esquerda e cruzou forte. A bola passou por toda a área e sobrou para Pavard na direita, que finalizou bonito de três dedos para igualar novamente a partida.

Cinco minutos mas tarde, a França chegou numa jogada parecida com o gol anterior. Livre pela esquerda, o lateral Hernández cruzou para a entrada da área. A bola foi dominada por Giroud e sobrou para Mbappé. O craque francês fez um lindo corte dentro da área e finalizou firme com o pé esquerdo, confirmando a virada francesa.

A virada francesa mudou a partida novamente. Agora a bola ficava mais nos pés dos argentinos, porém, os contra-ataques franceses se mostraram perigosos. Aos 22 minutos, a bola francesa partiu dos pés do goleiro Lloris e passou por todos meio campistas até chegar em Giroud, o atacante encontrou Mbappé na direita livre. O atacante tirou bem do goleiro e ampliou a vantagem francesa.

Após o quarto gol francês a Argentina se lançou para o ataque e buscou um gol para incendiar a partida de todas as formas. Na melhor chance de todas as criadas, Messi  fez uma bela jogada individual passando por dois marcadores, porém ficou desequilibrado no momento da finalização e o chute saiu fraco.  Nos minutos finais, Messi colocou a bola na área e Agüero cabeceou firme para descontar aos 47 minutos, mas já era tarde para uma reação.

FICHA TÉCNICA

FRANÇA X ARGENTINA

Local: Arena Kazán, em Kazán (Rússia)

Data: 29 de junho de 2018 (Sábado)

Horário: 11h(de Brasília)

Árbitro: Alireza Faghani (Irã)

Assistentes: Reza Sokhandan (Irã) e Mohammed Mansouri (Irã)

Gols: França: Griezmann, de pênalti, aos 12 minutos do primeiro tempo. Pavard aos 11 minutos e Mbappé aos 18 e 22 do segundo tempo; Argentina: Dí Maria, aos 40 minutos do primeiro tempo, Mercado e Agüero aos 2 e aos 47 do segundo tempo

Cartões: Argentina: Mascherano, Tagliafico, Rojo e Banega. França: Pavard e Matuidi

FRANÇA: Hugo Lloris, Benjamin Pavard, Raphaël Varane, Samuel Umtiti e Lucas Hernández; N’Golo Kanté, Blaise Matuidi (Tolisso) e Paul Pogba; Kylian Mbappé (Thauvin), Antoine Griezmann e Olivier Giroud

Técnico: Didier Deschamps

ARGENTINA: Franco Armani, Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi, Marcus Rojo (Fazio) e Nicolás Tagliafico; Javier Mascherano, Enzo Pérez (Agüero), Éver Banega, Lionel Messi e Ángel Di Maria; Cristian Pavón (Meza)

Técnico: Jorge Sampaoli

TERRA