João Pessoa 19/07/2018 08:09Hs

Início » Notícias » Gás de cozinha fica 4,4% mais caro nas refinarias a partir de 5 de julho

Gás de cozinha fica 4,4% mais caro nas refinarias a partir de 5 de julho

Reajuste vale a partir desta 5ª - Valor não inclui impostos

Brasília, DF, Brasil 1/6/2018 o Distrito Federal começou a receber uma grande quantidade de gás de cozinha. Mais de 300 toneladas de gás liquefeito de petróleo (GLP), que envasilhadas renderiam 23 mil botijões, foram entregues às distribuidoras hoje.8 Foto: Renato Araújo/Agência Brasília.

Valor do botijão de gás de cozinha nas refinarias é de R$ 23,10

A Petrobras anunciou nesta 4ª feira (4.jul.2018) aumento de 4,4% no preço médio do GLP (gás liquefeito de petróleo) para uso residencial, embalado em botijões de ate 13 kg, mais conhecido como gás de cozinha.

O reajuste incide sobre o preço cobrado nas refinarias e valerá a partir desta 5ª feira (5.jul.2018). Com a alta, o preço do botijão, sem impostos, passa de R$ 22,14 para R$ 23,10.

De acordo com dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), entre 24 de junho a 30 de junho, o preço médio do botijão de gás nas revendedoras era de R$ 68,28.

Desde janeiro de 2018, os reajustes do gás de cozinha passaram a ser trimestrais. Segundo a estatal, o preço de venda às distribuidoras não é o único fator que pesa para o preço final do produto.

Por esse motivo, as revisões feitas pela empresa podem ou não refletir no preço cobrado aos consumidores, que incorpora impostos e repasses de empresas como distribuidoras e revendedoras.

Poder360