João Pessoa 22/04/2018 14:45Hs

Início » Notícias » Homem é preso após oferecer banana a funcionária

Homem é preso após oferecer banana a funcionária

Ele pagou fiança de R$ 3 mil e foi solto 12h depois; os dois se envolveram em uma discussão durante check-in da Azul no Aeroporto de Confins

Um homem de 55 anos foi preso após oferecer uma banana a uma funcionária negra da Azul Linhas Aéreas, no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, Minas Gerais. A prisão ocorreu na noite de sexta-feira.

Segundo passageiros, os dois se envolveram em uma discussão durante o check-in da companhia. O homem teria retirado a banana de uma sacola e oferecido para a mulher. A funcionária, então, denunciou o caso à Polícia Federal (PF) do aeroporto, que prendeu o homem dentro do avião.

Apesar da prisão, ele pagou fiança de R$ 3 mil e foi solto 12 horas depois. A liberação foi possível porque ele foi enquadrado por injúria racial e não por racismo, que é crime inafiançável.

Outra polêmica envolvendo o caso é que o homem não é advogado, como foi identificado em um primeiro momento. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Minas Gerais informou que ele apenas atuou com estagiário e está com o registro cancelado.

A Azul informou que está prestando assistência à atendente e que não comentará o caso para não atrapalhar o inquérito policial.

Band