João Pessoa 26/04/2018 11:41Hs

Início » Notícias » João Doria lidera isolado corrida pelo governo de São Paulo, diz Datafolha

João Doria lidera isolado corrida pelo governo de São Paulo, diz Datafolha

Paulo Skaf (MDB) aparece em 2º França (PSB) e Marinho (PT) empatam

Foto: Sérgio Lima/PODER 360

João Doria (PSDB) lidera sozinho os 2 cenários testados pelo Datafolha para o governo de São Paulo

O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) lidera os 2 cenários da disputa pelo governo paulista testados pelo Datafolha. O tucano registra 29% das intenções de voto contra 20% do presidente da Fiesp, Paulo Skaf (MDB). No cenário sem o nome de Skaf, Doria desponta com 36%.

Apesar de ter fechado o maior número de alianças até agora, o atual governador, Márcio França (PSB) –que assumiu quando Geraldo Alckmin (PSDB) deixou o governo para concorrer ao Planalto– aparece com 8% no cenário com Skaf e 10% no cenário sem o emedebista. Está empatado na margem de erro com o petista Luiz Marinho, que registra 7% e 9%, respectivamente.

Pré-candidatos nanicos, Rogério Chequer (Novo), Lisete Arelaro (Psol) e Alexandre Zeitune (Rede) não ultrapassam 3% das intenções de voto.

A pesquisa foi realizada de 11 a 13 de abril de 2018, com 1.954 entrevistados em 68 municípios de São Paulo. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TSE com o número SP 04706/2018.

Eis o cenário principal da disputa, com Paulo Skaf (MDB) concorrendo:

Sem o presidente da Fiesp no páreo, a vantagem de João Doria (PSDB) é ainda maior. Cerca de 1/3 dos votos de Skaf migra para o tucano, 35% decidem votar nulo ou branco e o resto se divide entre os outros candidatos.

O cenário ainda é muito indefinido. A pouco menos de 6 meses da eleição, 62% dos paulistas dizem não saber ainda em quem votar quando é feita a pesquisa espontânea –sem elencar o nome dos candidatos que estão concorrendo. Outros 28% dizem que votarão em branco ou nulo.

REJEIÇÃO

Os 2 candidatos que lideram o pleito são também os mais rejeitados pela população.  João Doria não receberia votos “de jeito nenhum” de 33% dos paulistas. Skaf é rejeitado por 34%.

A rejeição a Doria é maior na capital, que o tucano governou por 1 ano e 3 meses, até o último dia 6 de abril. Quase metade (49%) dos moradores da capital não votaria no ex-prefeito. No interior, a rejeição é de 25%.

A saída da prefeitura com menos de metade do mandato cumprido foi o principal fator a pesar na rejeição de Doria. Para 2/3 dos paulistanos, o tucano agiu mal ao deixar o posto para concorrer ao governo.


__

Poder360 tem a maior compilação da internet com pesquisas sobre intenção de voto em todas as eleições desde o ano 2000 (clique aqui para ler a lista completa).

Poder360