João Pessoa 20/06/2018 23:09Hs

Início » Notícias » Juíza nega pedido de governadores e líderes petistas para visitar Lula

Juíza nega pedido de governadores e líderes petistas para visitar Lula

Regra para visitas não será alterada - Políticos queriam visitá-lo nesta 3ª

A juíza federal Carolina Moura Lebbos negou o pedido de governadores e líderes petistas para visitar nesta 3ª feira (10.abr.2018) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Desde o último sábado Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

“Não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal. Desse modo, deverá ser observado o regramento geral”, disse a juíza. Eis a íntegra do despacho.

Lebbos lembrou que o juiz Sérgio Moro autorizou apenas a disponibilização de 1 aparelho de televisão para o ex-presidente, negando outros privilégios, incluindo de regras diferenciadas para visitas. A juíza é titular da 12ª Vara Federal em Curitiba, especializada em execução penal.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou ter ficado surpreso com a negativa para a visita, que foi considerada um “privilégio” pela Justiça. “Mais uma decisão inexplicável. Para nós, o privilégio é o que não está na lei”, disse.

Os governadores entregaram uma carta em solidariedade ao ex-presidente. Dino destacou que o superintendente da Polícia Federal no Paraná se comprometeu com em entregar o documento para Lula.

A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, disse que o presidente ficará muito contente com a carta, mas infelizmente a negativa da visita é inexplicável. “Um direito foi tido como privilégio”, apontou.

O pedido para visitar o ex-presidente partiu do senador Roberto Requião (MDB-PR). Na lista de visitantes estão os governadores:

  • Tião Viana: governador do Acre;
  • Renan Filho: governador de Alagoas;
  • Rui Costa: governador da Bahia;
  • Camilo Santana: governador do Ceará;
  • Flávio Dino: governador do Maranhão;
  • Fernando Pimentel: governador de Minas Gerais;
  • Ricardo Coutinho: governador da Paraíba;
  • Paulo Câmara: governador de Pernambuco;
  • Wellington Dias: governador do Piauí;
  • Robinson Faria: governador do Rio Grande do Norte;
  • Belivaldo Chagas: governador do Sergipe.

Além dos governadores, o pedido inclui o senador Lindbergh Farias, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, o vice-presidente do PT, Márcio Costa Macedo, e o ex-deputado federal Angelo Vanhoni.

Poder 360