João Pessoa 25/05/2018 22:41Hs

Início » Notícias » Ladrão acaba amarrado e pelado após assalto em Jardim Camburi

Ladrão acaba amarrado e pelado após assalto em Jardim Camburi

Jorge Rodrigues da Silva, 31 anos, tentou roubar uma vendedora dentro de um ônibus

Jorge Rodrigues da Silva, 31 anos, foi encaminhado para a Delegacia Regional de Vitória
Foto: Edson Chagas/Arquivo

Um ladrão acabou amarrado e pelado na rua após tentar assaltar uma vendedora de 26 anos dentro de um ônibus, na noite desta quinta-feira (16), no bairro Jardim Camburi, em Vitória.

A vítima chegou a ser agredida, e teve o celular e a bolsa roubados. Com a chegada da polícia, todos os pertences dela foram recuperados, e o bandido foi preso. O assaltante, identificado como Jorge Rodrigues da Silva, 31 anos, negou o roubo e alegou que queria apenas agredir a vendedora.

O assalto ocorreu por volta das 21 horas. A vendedora contou para a polícia que estava sentada dentro do ônibus – ela não informou qual era a linha do coletivo – quando o ladrão a atacou.

No momento em que ela pegou o celular para usar, o assaltante partiu para cima e puxou o aparelho. Mas, como a vítima segurou o celular com força, ele não conseguiu levá-lo.

Em seguida, o bandido tentou roubar a bolsa da vendedora. Segundo a vítima, ao mesmo tempo que ele puxava o objeto, segurava o pescoço dela com uma mão, como se quisesse enforcá-la.

Ao verem a tentativa de assalto, os demais passageiros do ônibus se aproximaram e impediram que o ladrão fugisse com os pertences da vítima.

O criminoso conseguiu sair do ônibus e acabou sendo alcançado por pessoas que estavam do lado de fora e que acompanharam a ação.

A Polícia Militar foi acionada momentos depois e, ao chegarem ao local, os policiais se depararam com Jorge Luiz cercado pelas pessoas e imobilizado no chão, com os braços amarrados com uma camisa e pelado.

Segundo os PMs, ele também estava com ferimentos superficiais no rosto, no joelho e nos braços, e teve que ser levado para o Pronto Atendimento (PA) de Enseada do Suá, em Vitória.

Após receber alta, o suspeito foi encaminhado à 1ª Delegacia Regional de Vitória. Em depoimento, Jorge Luiz afirmou que estava embriagado, e que não assaltou a vendedora, alegando que tinha a intenção de agredi-la. Ele tem passagem na polícia por furto e tráfico de drogas. Jorge Luiz foi autuado por tentativa de roubo e levado ao presídio.

Gazeta Online