João Pessoa 21/02/2018 19:24Hs

Início » Notícias » ‘Lei Seca’ flagra 63 motoristas dirigindo sob efeito de álcool

‘Lei Seca’ flagra 63 motoristas dirigindo sob efeito de álcool

Outras 128 infrações, não relacionadas ao consumo de álcool, foram detectadas e 32 veículos foram apreendidos

A Operação Lei Seca já flagrou 63 motoristas dirigindo sob efeito de álcool desde o início das prévias carnavalescas até o domingo (11). Outras 128 infrações, não relacionadas ao consumo de álcool, foram detectadas e 32 veículos foram apreendidos. Ao todo, foram realizados 750 testes de bafômetro no período. Os dados foram fornecidos pelo capitão Edmilson Castro, coordenador da Operação Lei Seca, que esclareceu que as ações estão focadas nos municípios de João Pessoa, Lucena e Jacumã, os locais mais movimentados neste carnaval. A fiscalização segue em ritmo intenso até a quarta-feira de Cinzas.

Para realizar a fiscalização no período, o Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) conta com o reforço das equipes da Escola Pública de Trânsito (EPtran) e da Divisão de Educação de Trânsito (DET) do órgão, além do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A Operação Carnaval também conta com o reforço nos equipamentos utilizados, com o propósito de oferecer mais segurança aos agentes de trânsito. Para isso, serão disponibilizados coletes balísticos, lombadas móveis e barreira rodoviária antifuga (cama de faquir).

Segundo a Direção do Detran – PB, a principal causa de acidentes no período de carnaval é a combinação entre álcool e direção. Por isso, o alvo da Operação Lei Seca é o condutor que apresentar qualquer índice de álcool por litro de ar, durante o teste. Ele será punido com multa no valor de R$ 2.934,70, perda de sete pontos na carteira, recolhimento da CNH e suspensão do direito de dirigir por até 12 meses. O veículo ficará retido até que um condutor capacitado apareça para retirá-lo.

Nos testes com resultado superior a 0,34mg/l, a situação vira crime de trânsito. A punição nesses casos é detenção de seis meses a três anos, pagamento de multa, recolhimento da habilitação e suspensão do direito de dirigir por até um ano.

Alerta – A Direção do Detran-PB fez um alerta aos condutores sobre a importância dos cuidados no trânsito durante o período carnavalesco, recomendando ações simples como revisar o veículo antes de viajar, não usar o celular enquanto dirige ou não ingerir bebida alcoólica quando estiver ao volante. Esses são considerados pontos cruciais que podem determinar o fim da festa para condutores e passageiros.

Números

750 testes de alcoolemia (bafômetro) realizados

63 autos de infração por embriaguez ao volante

128 autos de infração por outros motivos

32 veículos apreendidos

Punição

R$ 2.934,70 é o valor da multa para quem for pego dirigindo embriagado

7 pontos na CNH

Até 12 meses sem dirigir

0,34 mg/l é o limite para não ser preso

6 meses a 3 anos é o tempo de detenção em caso de resultado acima do limite

*Bárbara Wanderley, do Jornal Correio da Paraíba