João Pessoa 22/06/2018 16:55Hs

Início » Notícias » Ministério do Trabalho prepara concurso com salário de R$ 15 mil

Ministério do Trabalho prepara concurso com salário de R$ 15 mil

Ministro Manoel Dias garante que seleção já foi autorizada

ministério do trabalhoA autorização do  deve sconcurso público para auditor-fiscal do trabalho sair a qualquer momento. De acordo com informações do ministro do Trabalho e Emprego, Manoel Dias, o Ministério do Planejamento já autorizou as contratações. A expectativa, conforme o ministro, é de que a liberação seja para preencher 840 ou 850 vagas.Dias informou ainda que o processo seletivo deve ocorrer no primeiro semestre de 2015.
Para participar do certame, o candidato precisa ter o ensino superior completo em qualquer área. A remuneração é um dos principais atrativos do processo seletivo: inicial de R$ 15.338,44 (R$ 16.116,64 a partir de janeiro, incluindo o auxílio-alimentação, de R$ 373), além de contratação pelo regime estatutário, que prevê estabilidade.No entanto, a declaração do ministro aponta para uma permissão informal, que ainda terá que ser oficializada por meio de portaria a ser publicada no Diário Oficial da União (DOU). Isso porque o processo referente ao pedido do concurso, para 800 vagas, prossegue em análise no Planejamento, tendo tramitado para departamento da Secretaria de Gestão Pública no último dia 11, após cinco meses parado.O Ministério do Planejamento informou que a solicitação do concurso foi objeto de análise por ocasião do processo de elaboração do Projeto de Lei Orçamentária de 2015, encaminhado ao Congresso Nacional no fim de agosto, mas que ainda não foi aprovado. As autorizações dos certames só poderão ser viabilizadas após a sansão da lei orçamentaria, bem como os quantitativos de cada concurso.

Cobiçados

O concurso para auditor-fiscal do trabalho é um dos mais esperados pelos concurseiros com formação superior em qualquer área e também um dos mais cobiçados.Aprovação
Para alcançar a aprovação para o cargo, que possui uma das mais expressivas remunerações da Administração Pública, é necessária muita preparação. Para ter chances de aprovação, o candidato deve ter um histórico de estudos.Disciplinas
O último concurso cobrou 15 disciplinas, com duas provas objetivas no mesmo dia, uma pela manhã, para as matérias dos conhecimentos básicos e outra pela tarde, para as dos conhecimentos específicos. Os candidatos devem fazer atenta leitura do edital anterior para preparar o plano de estudo, sendo que a banca examinadora foi o Cespe/UnB. Além das provas objetivas, houve duas provas discursivas aproximadamente um mês depois. As disciplinas mais importantes foram direitos humanos, economia do trabalho, direito constitucional, direito administrativo, gestão de projetos, direito do trabalho e segurança e saúde no trabalho, pois, além de terem sido alvos das questões objetivas, também foram as matérias cobradas nas provas discursivas.

Concorrência
A concorrência é sempre grande e qualificada, mas vale muito a pena o investimento, pois a remuneração inicial ultrapassa R$ 15 mil, sendo esta remuneração o maior atrativo do cargo.

Fonte: Ivone Goldner, diretora pedagógica do CEP

PUBLICIDADE