João Pessoa 19/08/2018 09:47Hs

Início » Notícias » Oito crianças são mortas a facadas na Austrália

Oito crianças são mortas a facadas na Austrália

Elas tinham entre 18 meses e 15 anos; mãe foi ferida

floresMais uma tragédia atinge a Austrália.  Oito crianças de uma mesma família foram mortas a facadas nesta sexta-feira (19) em Cairns, no nordeste do território australiano. A mãe de sete das oito crianças, que tinham entre 18 meses e 15 anos, foi encontrada ferida, mas está bem de saúde no hospital.

Os investigadores ouviram a mulher, que tem 34 anos, e tranquilizaram a população local, dando a entender que não estão em busca de um assassino em série e que o ato foi uma tragédia familiar. O irmão mais velho dos pequenos, que tem 20 anos, foi quem descobriu os corpos e avisou a polícia.

A casa fica em uma região pobre, com população de maioria aborígene, e segundo relatos de vizinhos, a área sofre com problemas de alcoolismo e violência. Segundo o repórter do jornal local, o Cairns Post, em entrevista à rádio nacional ABC “todos aqui são como parentes das pessoas envolvidas e as pessoas estão devastadas”.

“Os vizinhos contam que a mulher era uma mãe orgulhosa, que amava profundamente os filhos e era muito, muito protetora”, complementou o jornalista.

O primeiro-ministro do país, Tony Abbott, destacou que “todos os pais australianos estão sentindo uma tristeza imensa por aquilo que aconteceu”. “Estes são dias difíceis para nosso país. Nesta noite, haverá lágrimas e orações de todo o nosso país por essas crianças. Os meus pensamentos vão também para a polícia de Queensland e a todos aqueles que terão que atender essa terrível situação”, afirmou Abbot.

Há quatro dias, um sequestro que durou mais de 16 horas em uma cafeteria de Sydney chocou a Austrália. Três pessoas morreram, entre elas o sequestrador.

Jornal do Brasil