João Pessoa 23/05/2018 08:59Hs

Início » Notícias » Operação conjunta apreende 19 quilos de explosivos e prende 23 pessoas

Operação conjunta apreende 19 quilos de explosivos e prende 23 pessoas

m. justiça
Na Paraíba, um efetivo de 388 policiais entre civis, militares, rodoviários federais e federais participaram da Operação Brasil Integrado – Ação Fronteira Nordeste, realizada nesta quarta (4) e quinta-feira (5) e coordenada pelo Ministério da Justiça (MJ). O trabalho teve como resultado a apreensão de 19,2 quilos de explosivos em pedreiras clandestinas localizadas no município de Picuí, na região do Seridó, e ainda na prisão de 23 pessoas em flagrante ou por mandado de prisão.

20 estados do Brasil realizaram ações de enfrentamento à violência simultaneamente, reunindo mais de 20 mil profissionais da área de segurança pública, Receita Federal e Ibama. O objetivo foi aproximar o Governo Federal com os estados, a partir do modelo operacional adotado para a Copa do Mundo.

A Polícia Civil da Paraíba realizou vistorias em pedreiras clandestinas na cidade de Picuí e conseguiu apreender, além dos explosivos, 13 estopins com espoleta, 296 metros de cordel detonante e13 metros de estopim. O material irregular foi entregue ao Batalhão de Operações Especiais da Policia Militar (Bope).

Durante os dois dias da operação, as outras equipes da policia civil e militar apreenderam maconha, prenderam três pessoas e cumpriram seis mandados de prisão por tráfico, associação ao tráfico e porte ilegal de arma. As ações foram realizadas nos municípios de Cajazeiras e Pilõezinhos. As outras 14 prisões foram realizadas pelas policias Federal e Rodoviária Federal.

Para o secretário da Segurança e da Defesa Social, Claudio Lima, a operação mostrou a importância do trabalho integrado de instituições estaduais e federais para a diminuição da violência. “Prezamos por este processo, inclusive com a implantação do Programa Paraíba Unida pela Paz, buscando encarar a Segurança Pública como um sistema, do qual fazem parte as polícias Civil, Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal e Federal, e outras instituições que devem trabalhar unidas para garantir o bem-estar da população”, concluiu Claudio Lima.

No Brasil – Em território nacional, foram feitas 70.357 revistas pessoais e 52.672 abordagens veiculares em 1.545 barreiras e bloqueios policial, tudo com base em informações de inteligência e com respeito às leis e aos direitos humanos. Também foram cumpridos 221 mandados de busca e apreensão e prisão. Ainda foram recuperados 141 veículos furtados e roubados.

As equipes que trabalharam em esquema integrado também retiram de circulação cerca de 5 toneladas de drogas, 100 armas de fogo, 1.700 munições e 427 veículos foram apreendidos. Também foram presas 436 pessoas em flagrante ou em cumprimento de mandados.