João Pessoa 26/05/2018 17:49Hs

Início » Notícias » Operação deixa pelo menos sete mortos no Complexo do Salgueiro, um dia após PM ser assassinado

Operação deixa pelo menos sete mortos no Complexo do Salgueiro, um dia após PM ser assassinado

Um tiroteio deixou pelo menos sete mortos no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, na madrugada deste sábado. Segundo as primeiras informações, a ação teria sido realizada pela Coordenadoria de Recursos Especiais (Core). Mas a Polícia Civil garantiu que a participação da Core foi apenas para garantir o trabalho da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí na realização da perícia. Disse ainda que os sete corpos localizados na comunidade foram encaminhados para identificação no Instituto Médico Legal (IML) da região.

Segundo relatos nas redes sociais, as vítimas estavam em um baile funk na localidade da Marinha.

A página “São Gonçalo Informa” postou, por volta das 4h, que estava tendo uma operação na comunidade com o Exército e três caveirões — blindados da Core. “Correria no baile desde 1:30h” e “Já tem 4 mortos na marinha, clima tenso”, diziam as mensagens.

Segundo relato, uma moradora teria sido pisoteada
Segundo relato, uma moradora teria sido pisoteada Foto: Rpeordução Facebook

Nos comentários, um morador disse que uma jovem chegou a ser pisoteada:

“Isso é uma covardia. Operação a essa hora. Na outra página, a mulher falou: que morram todos. Mas ela não sabia que a filha dela estava lá escondida, curtindo baile também. Está toda machucada porque foi pisoteada”.

Na manhã desta sexta-feira, um policial militar do 7º BPM (São Gonçalo) morreu depois de ser baleado no pescoço durante um confronto com bandidos na comunidade do Brejal, em São Gonçalo. Outro agente ficou ferido na troca de tiros, que também deixou um suspeito morto. O soldado, identificado como Joubert dos Santos de Lima, de 26 anos, é o 117º policial morto no estado este ano. Ele chegou a ser socorrido ao Hospital Estadual Alberto Torres, no Colubandê, mas não resistiu.

Nas redes sociais, morador diz que polícia entrou atirando
Nas redes sociais, morador diz que polícia entrou atirando Foto: Rpeordução Facebook

Extra Online