João Pessoa 22/06/2018 16:55Hs

Início » Notícias » População de Santa Rita revoltada faz protesto em rede social por mais de três dias sem água da CAGEPA.

População de Santa Rita revoltada faz protesto em rede social por mais de três dias sem água da CAGEPA.

falta-de---gua-310x245Cerca de milhares de pessoas continuam usando as redes sociais desde a quarta-feira (23) Santa, reivindicando e protestando nas redes sociais em relação a falta d’água que dura quase quatro dias em Santa Rita-PB.A direção da Companhia de água e Esgoto da Paraíba-CAGEPA, se quer emitiu um comunicado e que a única forma da população se comunicar com a companhia é pelo 115 que segundo a população é inútil que as informações são mentirosas e os usuários tem passado por descriminação e até um mal atendimento quando acessam o 115 para cobrar ou saber sobre a falta d’água ou outros serviços.

Até o prefeito de Santa Rita usou as redes sociais e desabafou pela falta de desserviço pelo que a população vem sofrendo e pagando caro pelo serviço que é mal prestado aos usuários que necessitam do produto e quando procura é uma excassez.

“A CAGEPA é um órgão do governo do estado e não da prefeitura, para isso elegemos o deputado estadual Zé Paulo para nos representar e levar ao governo esses problemas, agora se ele nem se pronuncia. Realmente estamos sem deputado”, desabafou o prefeito de Santa Rita-PB.

Maria Martins que é moradora da rua Monsenhor Malibeu Sn disse que mora a 45 anos no bairro da Liberdade e nunca viu tanta falta d’água nestes 5 anos, e que a taxa aumentou muito nestes períodos, inclusive neste 1º de fevereiro de 2016, em que o governador reajustou a tarifa em 22% acima dos limites inflacionário e o produto chega ás duas (2) da madrugada e vai embora com muita rapidez más quando é no final do mês a conta chega sem nenhum desconto, do que nós pagamos caro e não usamos, observou a moradora.

Segundo um funcionário da empresa que trabalha em Santa Rita que não quis se identificar com medo de retaliação por do superintendente ou dos que bajulam o governador disse que na cidade não existe nenhuma operação que venha levar essa quantidade de dias sem água e foi más além e revelou que aqui em Santa Rita os serviços são apenas reparos e que não interrompe de forma geral essa quantidade de dias como já se completa quase quatro dias e desabafou “com certeza a água de Santa Rita está sendo desviada para outro município ou voltou novamente a fazer o racionamento, e isso não explica por que tem chovido muito e os mananciais estão todos com capacidade de previsão lotados”, disparou.

Com isso, a população de Santa Rita com aproximadamente 200 mil habitantes perecem constantemente com a falta água e sem nenhum comunicado a população principalmente no feriadão de semana Santa.

A população de Santa Rita iniciou uma campanha através de uma associação com vários advogados uma ação civil pública para bloquear as cobranças absurdas da CAGEPA com o povo de Santa Rita-PB, “O governador cobra os serviços que não existe em Santa Rita saneamento básico sem haver estação elevatória e tratamento na cidade, o que existe é 5% de esgoto que é escoado nos Rios Preto e Paraíba poluindo o que é contra lei ambiental que não possui uma atuação efetiva passivo de multa, vamos levantar um estudo dos últimos cinco anos em relação a prestação de serviço, reajustes e a construção da barragem de nível em que o governador disse a cinco anos em Tibiri ll, “meu governo quando inicia uma obra o recurso já está em conta e até hoje a obra está paralisada no valor R$ 2,5 milhões e recentemente inaugurou uma escola que foram investidos 5 milhões e a população de Santa Rita passando necessidade pior que o povo do sertão.

Lamartine do Vale.