João Pessoa 14/08/2018 08:43Hs

Início » Notícias » Portal 127 atrai público e denúncias até de outros estados

Portal 127 atrai público e denúncias até de outros estados

O Portal 127 do Ministério Público do Estado da Paraíba (MPPB), lançado em agosto deste ano como um instrumento colocado à disposição da população paraibana para fazer denúncias de crimes de corrupção, está atraindo o público até mesmo de outros estados da Federação. O Portal 127, lincado no site do MPPB (www.mp.pb.gov.br), pode ser acessado pelo site 127.mp.pb.gov.br.
“Para nós está sendo uma surpresa o grande número denúncias oriundas de cidadãos de outros locais além das divisas da Paraíba. Mas isso se torna uma prova concreta de que o Portal 127 está cumprido o seu papel, dando credibilidade e atenção necessárias à população para fazer suas denúncias”, avalia o promotor de Justiça Bertrand Asfora, coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal (CaoCrim) do MPPB.
Ele exemplifica o acesso ao Portal 127 por parte de pessoas de outros estados com dois casos: um oriundo de Joinville, em Santa Catarina, e outro de Pontalina, em Goiás. Nessa última, são denúncias relacionadas às eleições municipais deste ano.
Em Pontalina, o denunciante informa que um candidato eleito teria dado dinheiro para vários eleitores (R$ 150,00 para cada um), retendo os títulos e identidade das pessoas, impedindo que elas votassem em outro candidato. Conforme a denúncia, 1.822 pessoas teriam deixado de votar.
Já em Joinville, Os indícios de corrupção dão conta de que os moradores de um edifício conhecido do centro da cidade não estariam recebendo os descritivos financeiros do condomínio assegurados por lei. O denunciante acredita que haja um esquema entre o síndico do prédio e a contabilidade contratada.
“As respectivas denúncias foram encaminhadas aos procuradores-gerais de Justiça dos estados de Goiás e de Santa Catarina”, avisa o promotor Bertrand Asfora, adiantando que, até a semana que vem, um novo balanço dos números da Paraíba em relação às denúncias registradas no Portal 127 será divulgado.
Nos últimos números divulgados no final do mês de setembro, das 113 denúncias até então registradas no Portal 127, mantido no site institucional do MPPB, 56 (quase 50% do total denunciado) eram na área eleitoral. Corrupção, crimes comuns e ilícitos eleitorais são os três tipos de denúncias mais recorrentes.
Lançado no dia 10 de agosto, juntamente com o Disque-Denúncia 127 (por telefone), o Portal 127 tem recebido as denúncias via internet, onde o cidadão pode enviar até áudio e vídeo, o que é um diferencial do portal. Para Bertrand, os dois instrumentos de denúncias disponibilizados para a população pelo Ministério Público são canais de interlocuções com a sociedade extremamente eficazes.
Os dois serviços – via internet e via telefone – foram lançados com o objetivo de oferecer à  população canais para que possam fazer denúncias de qualquer ato de corrupção, principalmente durante a campanha eleitoral. As denúncias podem ser feitas de forma sigilosa. Os dois serviços são canais permanentes que podem receber qualquer tipo de denúncia sobre corrupção. Basta discar 127 ou acessar o endereço 127.mp.pb.gov.br.
ascom