João Pessoa 28/05/2018 04:59Hs

Início » Notícias » PSB se reúne hoje e define se terá candidato em Campina Grande e pode lançar amanhã o nome de Adriano Galdino

PSB se reúne hoje e define se terá candidato em Campina Grande e pode lançar amanhã o nome de Adriano Galdino

Presidente estadual do PSB afirmou que já dá como certa a pré-candidatura de Manoel Júnior pelo PMDB e agora o PSB precisa definir como se posicionará na disputa em Campina Grande. As possibilidades são as de lançar nome próprio ou ficar na vice de Veneziano Vital do Rêgo

edivaldo rosasO presidente estadual do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, afirmou que no final da tarde de hoje será definida a questão de Campina Grande e amanhã, durante Encontro Estadual de Pré-candidaturas do PSB, pode ser lançado o nome de Adriano Galdino como pré-candidato à disputa em Campina Grande. Rosas afirmou que o PMDB é o partido prioritário para a composição de alianças e formação de chapas para as disputas municipais nas eleições deste ano, mas José Maranhão não pode querer comandar em João Pessoa e Campina Grande.

“Temos uma reunião hoje no final da tarde e amanhã a gente pode apresentar um pré-candidato. A decisão vai ser tomada hoje no final da tarde e Adriano Galdino é um dos nomes. Além deles, também devemos analisar o nome de Fábio Maia. A decisão que vamos ter é em relação ao PMDB. O PMDB já está certo que terá candidato nas duas cidades. Temos cidades que são do interesse do PMDB, como Itabaiana e Patos e temos as que são do interesse do PSB”, afirmou.

Segundo Edvaldo, enquanto o PSB já conseguiu sentar com dirigentes de diversos partidos para discutir as eleições desde ano, apenas com o PMDB que ainda não houve uma conversa. “Já sentamos com o PT, com o Democratas, para saber o interesse deles por quais municípios e só não sentamos com a direção do PMDB. Ninguém pode querer  dominar o Estado. Se o PMDB quer ter candidato em João Pessoa e em Campina Grande, vamos respeitar, mas eles também não podem exigir que a gente apoie eles da forma que eles querem”, disse.

Edvaldo Rosas afirmou ainda que O PMDB tem interesse pela prefeitura de Campina Grande, com o nome do deputado federal Veneziano Vital do Rêgo e o PSB quer retomar o poder na Prefeitura de João Pessoa com o nome do secretário de estado, João Azevêdo. Apesar disso, ele criticou que o PMDB quer colocar como candidato na Capital o deputado federal Manoel Júnior, o que ele chamou de “dissidente dentro do partido”. Segundo Edvaldo, apesar dos interesses do PMDB em Campina Grande, o partido não abre espaço para diálogo e demonstra estar mais preocupado com a Capital.

“A impressão que dá é que o PMDB não tem interesse em Campina Grande. Eles não querem discutir João Pessoa e eles têm interesse nas duas cidades. Cabe a gente definir o que é melhor em Campina Grande, se é indicar o vice ou fortalecer o partido com uma candidatura própria. O problema é que a gente não senta com quem dirige o partido, que é José Maranhão, para discutir”, declarou.

Desocupando os cargos

Edvaldo Rosas afirmou que o não entendimento entre o PSB e o PMDB em relação às eleições municipais em João Pessoa e em Campina Grande não irá interferir na relação entre as duas legendas no Governo do Estado. De acordo com o presidente do PSB, os cargos dos PMDB na administração estadual estão assegurados. “É uma eleição municipal e não estadual. Eles continuam no Governo sem problema nenhum. A disputa é nos municípios”, declarou.

Blog do Gordinho