João Pessoa 24/04/2018 12:49Hs

Início » Notícias » RASTEIRA EM CASA: prefeito de importante cidade do Sertão pretende lançar esposa como candidata a Assembleia e provoca racha familiar

RASTEIRA EM CASA: prefeito de importante cidade do Sertão pretende lançar esposa como candidata a Assembleia e provoca racha familiar

20130701135344O discurso e a prática adotados pelos políticos do PMDB andam cada vez mais distantes e podem gerar verdadeiros dividendos político-familiares em 2014. Depois do imbróglio envolvendo a família do ex-governador José Maranhão (PMDB), agora mais uma família filiada ao partido corre o risco de rachar pela falta de sintonia entre o ‘falar e o fazer’.

A bola da vez atende pelo sobrenome de ‘Gadelha’. Do Alto Sertão paraibano, mais precisamente no município de Sousa chega a informação de que o prefeito André Gadelha (PMDB), mesmo após ter se comprometido com o primo, Renato Gadelha, para apoiar a sua candidatura à deputado estadual, já articula nos bastidores uma rasteira dentro casa e cogita emplacar a sua esposa, Dra. Flaviana Palmeira como sua sucessora no parlamento estadual e não mais o primo. Assim como na vida, na atividade política a ‘palavra dada’ também é algo cada vez mais em desuso.

Com 33.312 votos conquistados na ultima disputa estadual, André que se afastou da Casa Epitácio Pessoa para ocupar a cadeira de prefeito, vê dentro de ‘casa’ a melhor solução para dar prosseguimento ao ‘império’ da família Gadelha, que detém uma cadeira na Câmara Federal, o seu primo Leonardo Gadelha (PSC).

Informações obtidas  nesta segunda-feira (1) dao conta que André Gadelha, tem levado a tira colo a sua esposa para todas as solenidades e já teria confidenciado a pessoas próximas a pretensão de ver Doutora Flaviana deputada em 2015.

Tal pratica de André apenas dá sinais que a família Gadelha mais uma vez marchará desunida, a exemplo de pleitos anteriores onde o grupo teve diversas candidaturas.

Com a ‘caneta’ na mão e com uma grande quantidade de ‘bajuladores’ acompanhando seus paços políticos, André tem a certeza que o seu carisma será determinante para a transferência de votos para Doutora Flaviana.

Assim como num curral eleitoral, onde quem manda é o ‘coronel’ de plantão, André Gadelha sabe que Sousa tem condições de lhe dar novamente uma cadeira de deputado e nada melhor do que dar um mandato para a esposa, a final de contas, nada melhor do que ter a cadeira de prefeito, uma cadeira em Brasília e um mandato na Assembleia dentro de casa.

O médico Renato que sonhava em contar com o apoio do prefeito sertanejo sobrou na curva, pois, a política é muito dinâmica e o que os seus agentes e protagonistas dizem hoje, na maioria das vezes, não merecem ser levadas a sério no dia de amanhã.

PB Agora