João Pessoa 17/07/2018 15:29Hs

Início » Notícias » Ricardo rebate Cássio e nega uso da máquina pública

Ricardo rebate Cássio e nega uso da máquina pública

O governador Ricardo Coutinho (PSB) rebateu, nesta terça-feira (29), as declarações do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que acusou o Governo do Estado de estar se utilizando da máquina pública para fazer uma campanha antecipada, promovendo o nome do Secretário de Recursos Hídricos, João Azevedo, responsável por anunciar o fim do racionamento na cidade de Campina Grande. De acordo com Ricardo, esta foi uma confissão do senador de que a única coisa que importa é voto.

“Esta é a confissão nítida e clara daqueles que não tem o menor respeito pela população, que acha que a única coisa é o voto, a eleição, ele acabou de confessar isso ontem. Quem eu mandaria para anunciar ou para perceber ou para me dizer se tem ou não capacidade de levantar um racionamento ? Com certeza eu não mandaria ele”, disse o governador em tom de ironia.

E acrescentou que o tucano tem qualificação para poucas coisas na política. “Porque ele não tem qualificação para isso. Aliás, infelizmente o nosso senador  tem qualificação para poucas coisas, ele tem demonstrado isso na política, no exercício do mandato. E aprova está ai”, afirmou.

Segundo Ricardo, o senador Cássio Cunha Lima e o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), acham que são donos do povo. “O problema deles não é o povo não tendo água, o problema deles é a eleição. Eles não estão nem ai, porque eles acham que o povo é gado, que tem propriedade, que é dono do povo.Eles acham que são donos de Campina”, finalizou.

Portal Correio