João Pessoa 24/06/2018 22:41Hs

Início » Notícias » Rosberg lidera e bate Hamilton em treino; Massa é 5º

Rosberg lidera e bate Hamilton em treino; Massa é 5º

roseberg lideraAE – O primeiro treino livre do GP do Brasil, a penúltima etapa da temporada 2014 da Fórmula 1, repetiu o domínio que a Mercedes vem apresentando desde o início do campeonato. Assim, o alemão Nico Rosberg foi o mais rápido na atividade inicial no Autódromo de Interlagos, seguido do inglês Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe.

Hamilton e Rosberg fazem disputa acirrada pelo título mundial desde o início do campeonato, mas o inglês abriu vantagem de 24 pontos ao vencer as últimas cinco corridas. Assim, o GP do Brasil será fundamental para a definição do campeão, mesmo que já esteja decidido que o campeão só sairá no GP de Abu Dabi, que fechará o campeonato no dia 23 de novembro.

Nesta sexta-feira, então, Rosberg começou melhor a disputa com Hamilton ao ser o mais rápido do primeiro treino livre, marcando o tempo de 1min12s764. E, em desvantagem, vencer o GP do Brasil é fundamental para as suas pretensões. O inglês veio logo atrás, sendo aproximadamente 0s2 mais lento, ao fazer a sua melhor volta em 1min12s985. Os pilotos da Mercedes, aliás, foram os únicos que conseguiram marcar tempos em menos de 1min13 na atividade.

A Toro Rosso surpreendeu na sessão inicial em Interlagos, com o russo Daniil Kvyat sendo o terceiro mais rápido, com 1min13s723. Já o holandês Max Verstappen, que fará a sua estreia na Fórmula 1 em 2015, mas participou do primeiro treino em Interlagos pela Toro Rosso chamou a atenção ao ficar em sexto lugar, com 1min13s827.

O espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, foi o quarto mais rápido com o tempo de 1min13s742, enquanto o brasileiro Felipe Massa terminou o primeiro treino livre em Interlagos na quinta colocação ao marcar 1min13s811 na melhor das suas 28 voltas.

Assim, ele superou o também brasileiro Felipe Nasr. Recém-anunciado como piloto da Sauber para a temporada 2015, Nasr assumiu um dos carros da Williams, o do finlandês Valtteri Bottas, e ficou na 12ª posição após marcar 1min14s522, na mais rápida das suas 22 voltas.

O venezuelano Pastor Maldonado, da Lotus, ficou em sétimo lugar, à frente do finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, do dinamarquês Kevin Magnussen, da McLaren, e do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, que completaram, em ordem, a lista dos dez primeiros colocados.

O alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, ficou apenas 14ª colocação. Com problemas na sua McLaren, o inglês Jenson Button não conseguiu registrar voltas rápidas no primeiro treino livre em São Paulo.

O asfalto novo de Interlagos provocou algumas dificuldades aos pilotos, tanto que o primeiro treino livre do GP do Brasil teve algumas rodadas, como a do espanhol Daniel Juncadella, que participou da atividade no carro da Force India que costuma ser do mexicano Sergio Pérez, ou as dos pilotos da Ferrari, Alonso e Raikkonen.

E foi exatamente Juncadella quem provocou a única bandeira vermelha da atividade, ao deixar o carro escapar no Laranjinha, batendo de frente. O espanhol saiu ileso do susto, mas os pilotos perderam alguns minutos do primeiro treino livre em razão da batida.

Os corredores de Fórmula 1 voltam a acelerar em Interlagos a partir das 14 horas desta sexta-feira, quando será realizado o segundo treino livre. Para o sábado, estão previstos o terceiro treino livre, às 11 horas, e a sessão de classificação, às 14 horas. O GP do Brasil será disputado no domingo, com largada prevista para as 14 horas.