João Pessoa 24/06/2018 01:17Hs

Início » Notícias » Semob implanta faixa preferencial para ciclistas e faz campanha educativa

Semob implanta faixa preferencial para ciclistas e faz campanha educativa

 Nesta quinta-feira (4), a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), inicia uma campanha educativa para apresentar à população um novo conceito de trânsito mais seguro para as bicicletas: a faixa preferencial. Nessa faixa, implantada na Rua João Crisóstomo Ribeiro Coutinho (ligação entre os bairros dos Bancários e Altiplano, pelo Timbó), a via será compartilhada por veículos motorizados e bicicletas, com prioridade para o ciclista. Por essa via, trafegam diariamente muitas pessoas que utilizam a bicicleta para ir ao trabalho ou para o lazer. O superintendente da Semob, Nilton Pereira de Andrade, disse que o objetivo desse novo conceito é superar a dificuldade de implantação de sistemas cicloviários, encontrando espaços para implantar ciclovias ou ciclofaixas. Segundo ele, as cidades cresceram sem reservar espaço para bicicletas – somente para automóveis. “Em João Pessoa, por ser a terceira cidade mais antiga do país, essa dificuldade é ainda maior”, disse. Segundo ele, como o número de ciclistas aumentou bastante nos últimos anos, a PMJP não poderia deixá-los de fora. Ao contrário, a gestão pública quer estimular o uso desse meio de transporte. “Com a limitação de espaço, a saída será o compartilhamento e o respeito mútuo nas vias da cidade, entre ciclistas e veículos”, ressaltou. Como usar – Tendência em muitas cidades brasileiras e pelo mundo afora, a ideia é simples: uma faixa da via está sinalizada – no solo e também com placas – indicando o uso preferencial para os ciclistas, como se fosse uma ciclofaixa. Os veículos (carros e motos) podem trafegar normalmente por ela. Porém, ao encontrar um ciclista na faixa preferencial, o condutor do veículo deverá deixá-la e pegar a faixa da esquerda. Se não tiver mais ciclistas à frente, pode retornar à faixa preferencial. Esse procedimento assegura a manutenção da distância mínima exigida pelo Código de Trânsito Brasileiro entre veículos e bicicletas, que é de um metro e meio. Ciclista – O ciclista, por sua vez, não precisará andar colado ao meio fio, o que é perigoso, devido à possibilidade de se desequilibrar e cair. Ele deverá andar no meio da faixa, o que tornará sua viagem mais segura e confortável. De acordo com Nilton Pereira, a Semob está sempre buscando soluções viáveis para melhorar a mobilidade das pessoas e proporcionar mais qualidade de vida para todos. “Esse novo formato busca uma convivência amistosa entre veículos motorizados e bicicletas e vai trazer benefícios para o trânsito. Esperamos a adesão dos que têm bicicleta e não a utilizam”, disse. Ação educativa – Para mudar o comportamento de condutores e ciclistas, uma campanha educativa será feita pela Semob. A partir das 6h da manhã e das 17h, educadores estarão no início e no final da via, parando os carros, motos e ciclistas, para alertá-los sobre o conceito da faixa preferencial. Panfletos educativos com orientações serão distribuídos durante toda a semana. Outras áreas – Além da via que liga os bairros Bancários e Altiplano, outra faixa preferencial para bicicletas será implantada na Avenida Governador Antônio da Silva Mariz, no Portal do Sol. Após a consolidação desse conceito, outras áreas da cidade serão contempladas com uma faixa do tipo.

A atual malha cicloviária de João Pessoa é de 38. 924 quilômetros. Somada à ciclofaixa no Valentina e à faixa preferencial na Rua João Crisóstomo, vai chegar a 44.994 quilômetros. Quando o projeto cicloviário de João Pessoa for concluído, a população contará com 118 quilômetros de ciclofaixas e ciclovias.

Secom JP