João Pessoa 23/05/2018 13:08Hs

Início » Destaque » Servidores de Santa Rita em greve fazem ato público simbolizando a morte da prefeitura e aguardam bloqueio da contas pela justiça

Servidores de Santa Rita em greve fazem ato público simbolizando a morte da prefeitura e aguardam bloqueio da contas pela justiça

O movimento grevista já agendou uma nova assembleia para segunda (22) no Sinfesa, no ato público os servidores estavam uniformizados de preto.

Sinfesa greve agosto prefeituraOs servidores da prefeitura de Santa Rita após decretar greve por tempo indeterminado nesta segunda-feira (16), e após notificar a gestão sob a greve geral que atinge todos os servidores de todos os setores realizaram ato público, ontem quarta (17), na Praça Getúlio Vargas  uniformizados de preto simbolizando a morte da prefeitura de Santa Rita reivindicando seus salários e que aguardam agora pela decisão da justiça pelo bloqueio das contas da prefeitura da gestão Netinho que vai completar 90 dias de atraso de salários de aposentados e pensionistas, do Fundeb 60% e demais categorias em todo município.

No ato público na Praça Getúlio Vargas gerou ainda mais revolta e indignação por parte dos servidores referente a reunião que aconteceu no Ministério Público com prefeito Netinho, o sindicato e o prefeito que (ele) se comprometeu no dia seguinte realizar o pagamento da folha do pessoal apoio e vigilantes que não aveio a acontecer, com isso enfureceu mai ainda os servidores que em mais uma assembleia geral foi aprovado por unanimidade pela greve por tempo indeterminado até a gestão atualize a folha de pagamento de todos os servidores em especial os aposentados e pensionistas que vai completar 90 dias.sinfesa aposentada greve agosto adminsitração1Ainda no ato público os professores no uso da falação na praça Getúlio Vargas alertaram os pais de alunos que com essa greve geral o ano letivo pode ficar prejudicado é que o professor tem que realizar o plano de aulas e executar dentro se um percentual exigido pelo MEC, e com essas paralisações que vêm acontecendo devido o atraso dos salários dos servidores  agora pode complicar ainda mais a situação tanto do professor que não recebe seu salário como tanto o aluno que poderá ser prejudicado a greve geral que inviabiliza totalmente ao acesso não só o professor e o pessoal de apoio praticamente o ano letivo ficará prejudicado e que vai perder infelizmente será o aluno pelo cumprimento da metas pela LDB.

Infelizmente até o presente momento os servidores aguardam por uma decisão da justiça de Santa Rita que não se pronunciou até o momento, a direção do sindicato tem feito sua parte pelas ações impetradas com sua assessoria jurídica do sindicato, “ são várias ações provocando o bloqueio das contas do município para pagar os servidores que até agora não aconteceu e a cada dia os servidores criam uma tensão muito grande principalmente os aposentados e pensionistas que vão completar 90 dias e nem o Fundeb 60% que é uma verba Federal o prefeito usou pra outro fim deixando toda a categoria sem salário que tudo será cobrado pelo MEC, inclusive as transferências de receitas federais sinalizam que mesmo existindo queda de receita da folha de pagamento dos professores e pessoal de apoio ainda existe sobra e o prefeito Netinho insistir em dizer que não existe dinheiro.sinfesa greve - agosto

Lamartine do Vale