João Pessoa 25/05/2018 22:31Hs

Início » Destaque » Servidores sem salários em Santa Rita; intensificam mobilizações na prefeitura e unifica categorias, e aprovam paralisação na educação.

Servidores sem salários em Santa Rita; intensificam mobilizações na prefeitura e unifica categorias, e aprovam paralisação na educação.

Aposentados e pensionistas, Vigilantes, pessoal de apoio da educação, sede, uma parte da saúde e contratados do mês de maio que não receberam salários trabalhados e sem previsão.

assembleia e ato publicoServidores da prefeitura de Santa Rita-PB, se reuniram em mais uma assembleia no sindicato nesta quinta-feira (16), e aprovaram por maioria paralisação na secretaria de educação referente ao pessoal de apoio que não receberam seus salários de maio trabalhados e intensificaram mobilizaram em frente á prefeitura e aprovaram ainda uma unificação das categorias que estão entre 30 e 60 dias de salários atrasados para uma paralisação geral no município. A agenda de mobilização em frente á prefeitura de Santa Rita cumprida pelos servidores tendo como objetivo a cada dia de uma paralisação geral em todos os setores da administração até receberem  seus salários e com calendário de pagamento pagamento em dia.

Os servidores da sede da prefeitura de Santa Rita, pessoal de apoio da educação, aposentados e pensionistas, vigilantes, contratados, e boa parte da secretaria de saúde e contratados exonerados em abril intensificaram mais uma mobilização em frente á prefeitura em busca de salários atrasados que não obtiveram nenhuma informação em relação ao referido pagamento de maio, para tanto, foi agendada uma noa assembleia geral extraordinária para próxima terça-feira (21), ás9h, na sede do sindicato com ato público.

Na assembleia foram discutidos vários pontos entre eles os repasses de Fundo de Participação do município (FPM) e ICMS, em especial em relação ao mês de maio que somam na ordem de R$ 18 milhões e que atrasou até a folha de pagamento do Fundeb, ultrapassando  o 5º dia útil de atraso, consequentemente a data prevista para os aposentados e pensionista que foi agendada pelo prefeito Netinho a 60 dias que está sendo extrapolada  e até agora não existe data prevista para os referido pagamentos dos servidores além de vários setores em atraso que vai completar 60 dias.

A direção do sindicato dos servidores o presidente Carlos afirmou que vai comunicar a prefeitura de Santa Rita sobre a referida paralisação de educação, desde já, os servidores só retornarão ao trabalho com seus salários em dia, disse.

Lamartine do Vale.