João Pessoa 25/06/2018 03:53Hs

Início » Notícias » Soldados ucranianos são mortos em confrontos no leste

Soldados ucranianos são mortos em confrontos no leste

Nas últimas 24 horas, três mortes foram registradas. No total, foram 150 desde o início de um frágil cessar-fogo, em setembro

rebelde pro russiaTrês soldados ucranianos foram mortos nas últimas 24 horas em confrontos com separatistas pró-Rússia no leste da Ucrânia. Outros quatro militares foram mortos no último sábado, aumentando para 150 as baixas nas forças ucranianas desde que um frágil cessar-fogo foi iniciado na região, no início de setembro.

Os bombardeios continuam no leste da Ucrânia, mesmo depois do acordo assinado com a supervisão da Organização para Segurança e Cooperação na Europa. Segundo as Nações Unidas, mais de 4.300 pessoas foram mortas desde abril, quando a crise se intensificou.

O Exército ucraniano afirmou que os rebeldes continuam a atacar posições das forças do governo perto de Donetsk e Lugansk. Mais de cinquenta ataques teriam sido realizados nas últimas 24 horas, segundo as autoridades.

rebelde 1

Em visita a Kiev, na sexta-feira, o vice-presidente americano Joe Biden condenou a ação da Rússia no país vizinho e ressaltou que Moscou deveria respeitar o acordo de trégua e retirar suas forças militares do país. Ao lado do presidente ucraniano Petro Poroshenko, Biden condenou a anexação da Crimeia pela Rússia e disse que Washington sempre vai apoiar uma Ucrânia democrática.

A visita ocorreu no primeiro aniversário da decisão do governo do então presidente Viktor Yanukovich de recusar um acordo com a União Europeia para estreitar os laços com a Rússia, o que provocou protestos intensos na capital ucraniana e levou à saída de Yanukovich do poder.

(Com agência Reuters)