João Pessoa 25/05/2018 16:41Hs

Início » Câmara em foco » Vereador classifica audiências da Aneel e Energisa para definir tarifas como apenas um teatro

Vereador classifica audiências da Aneel e Energisa para definir tarifas como apenas um teatro

“Eu fui com números, apresentando fatos para que a energia não fosse aumentada e simplesmente nós não somos ouvidos”, lamentou Marcos Henriques

“Se tem que dar reajuste, tem que primeiro mudar o conselho, um conselho viciado”, classificou Marcos Henriques (Foto: Walla Santos)

O vereador de João Pessoa, Marcos Henriques (PT), afirmou esta semana ter constatado que as audiências da Energisa e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para definir as tarifas não passam de um teatro. Ele compareceu a uma audiência publica no mês de agosto como representante da Câmara Municipal. “Eu fui com números, apresentando fatos para que a energia não fosse aumentada e simplesmente nós não somos ouvidos”, lamentou Marcos Henriques.

Marcos Henriques lembrou ainda que houve um aumento de 16% este ano nas tarifas cobradas referente ao consumo de energia e lamentou a falta de transparência. “Hoje está um faz de conta, um teatro, que é essa relação entre a Energisa e o consumidor”, comentou o vereador destacando que é necessário “dar transparência aos conselhos e apresentar os cálculos de maneira séria”.

Ele aponta ainda que a sociedade não tem sequer voz no Conselho formado para fiscalizar e opinar nas decisões da concessionária de energia na Paraíba.”O representante no conselho dos usuários residenciais é um ex engenheiro da Energisa, uma pessoa de confiança na Energisa”, revelou o vereador de João Pessoa.

Segundo o vereador Marcos Henriques, a agência Aneel funciona ainda como um braço da própria Energisa. “Tem uma relação muito próxima com as concessionárias”, lamentou o vereador. Ele ainda considera que é necessário haver transparência antes de pensar em reajuste. “Se tem que dar reajuste, tem que primeiro mudar o conselho, um conselho viciado”, classificou.

Marcos Henriques esteve presente na última quinta-feira (14) em audiência promovida pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para debater o aumento nas contas de energia relatados por consumidores paraibanos.

ClickPB