João Pessoa 14/08/2018 11:16Hs

Início » Notícias » VÍDEO: trio é preso após quase 3 horas de sequestro em agência dos Correios, em CG

VÍDEO: trio é preso após quase 3 horas de sequestro em agência dos Correios, em CG

Após quase três horas de tensão, acabou o sequestro de pelo menos cinco reféns, que estavam sendo mantidos presos, sob a mira de revólveres, dentro de uma agência dos Correios, localizada no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, na manhã desta quinta-feira (05).

Os três bandidos armados entraram na agência por volta das 8h. Os vigilantes reagiram e houve troca de tiros.

Os três presos são Lucinaldo dos Santos Cavalcante, 24 anos, Ivan Henrique Pereira, 22 anos e José Jailson da Silva, 51 anos. Os três suspeitos foram encaminhados à Polícia Federal. De acordo com a Polícia Militar, um é do Rio Grande do Norte, outro do Ceará e o terceiro da Paraíba. Eles estavam em dois carros e uma moto, apreendidos pela polícia. Com o grupo foram apreendidas ainda duas pistolas calibre 380.

De acordo com a Polícia Militar, os vigilantes da empresa de segurança do local reagiram ao assalto. Um deles conta que chegou até a agência e encontrou um dos suspeitos dentro do local, com o fardamento dos Correios. Ele pediu a arma do vigilante, que percebeu a presença de mais dois assaltantes do lado de fora. O vigilante ficou ferido após conseguir desarmar os dois suspeitos e foi encaminhado ao Hospital de Trauma de Campina Grande.

Antes de se entregar, os suspeitos fizeram algumas exigências à polícia e todas foram atendidas. Eles solicitaram água, um colete à prova de balas, a presença da imprensa e de um advogado, além de realizar algumas ligações. O Batalhão de Choque iniciou a negociação, com orientações do Gate.

Os reféns foram liberados por volta das 11h e atendidos por uma equipe do Corpo de Bombeiros e Samu que estavam no local desde o início da ação. De acordo com a Polícia Militar, na parte de cima do estabelecimento estavam alguns funcionários que não tiveram acesso aos suspeitos.

VÍDEO

ENTENDA

Grupo faz cinco reféns durante assalto a Correios, em CG; assaltante diz que quer roubar do Governo e não do povo

Um trio armado invadiu uma agência dos Correios, que fica localizada em frente ao Campus da Universidade Federal de Campina Grande, no bairro de Bodocongó, na manhã desta quinta-feira (05), e fez pelo menos cinco reféns, entre eles a esposa de um Policial Civil.

Segundo Informações, um dos bandidos já foi detido e está dentro da viatura da Policia Militar, o segundo ficou em frente à agência, negociando com a polícia, enquanto o terceiro mantinha os reféns sob a mira do revólver.

A ação reuniu policiais militares, civis e federais. O assalto foi iniciado por volta das 8h.

Em pronunciamento, em frente aos Correios, o bandido chegou a dizer que não estava  assaltando o povo, mas sim o Governo e os políticos.

Eles exigiram a presença da imprensa e também dos Direitos Humanos.

Um colete à prova de balas foi repassado para o suspeito que está dentro da agência. Ele também solicitou a presença de um advogado.

PB Agora