João Pessoa 23/06/2018 11:46Hs

Início » Paraíba » Boletim médico: Agra tem discreta melhora e não apresenta evidencias de novo sangramento

Boletim médico: Agra tem discreta melhora e não apresenta evidencias de novo sangramento

agra respira mas requer cuidadosO último boletim médico do ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), foi divulgado às 17h desta quinta (04) aponta que o quadro clínico ainda é grave e que Agra está sedado e respirando por aparelhos. O ex-prefeito teve uma discreta melhora e sem evidencia de novo sangramento.

O diretor do Hospital Memorial São Francisco, Ítalo Kumamoto, comentou que o ex-prefeito continuará sedado pelas próximas 48h, quando será possível fazer uma avaliação da neurocirurgia e Terapia Intensiva para definir a estratégia de ‘desmame’ dessa sedação, sobretudo se obtiver êxito no sentido de não ocorrer sangramento.

De acordo com o médico que operou Agra, Ronald Farias, o prefeito apresenta um quadro complicado em virtude de uma hepatite C que ele sofria e essa foi a causa do Acidente Vascular Cerebral (AVC). “Esse disturbio de coagulação provavelmente foi o que causou o coagulo, causado pela insuficiência hepática. A falha do fígado levou ao disturbio de coagulação”, diz.

O médico explicou também que existem dois tipos de AVC, o isquemico e o hemorrágico, no isquemico, a artéria que leva sangue ao cérebro entope e para de levar o sangue, no hemorrágico uma artéria rompe por algum motivo, pressão alta ou disturbio de coagulação, por exemplo e inunda o cérebro. De acordo com Farias, o hemorrágico é mais grave e foi o que acometeu o ex-prefeito.

A mulher do ex-prefeito Wellitania Freitas afirmou que a família está esperançosa de que vai dar tudo certo, afirmou que estão orando muito e acredita que o ex-prefeito ainda tem um missão aqui. A irmã mais velha do ex-gestor fez um apelo a população para que além de rezar, continuem a doação de sangue porque o tipo de Luciano é difícil, o B negativo

Kumamoto destacou que todo o AVC hemorrágico é um evento muito grande, dentro da medicina neurocirurgia, terapia intensiva e na situação do ex-prefeito, há um agravante que é o fato de ele ser portador de uma hepatopatia, uma doença do fígado, que leva transtorno de coagulação. “Ele tem dificuldade de coagular em função disso e por isso estamos pedindo que doadores B negativo se apresentem ao hemocentro na maior quantidade possível para que possamos ter um banco de plaquetas disponível para em se ocorrendo alguma intercorrência de sangramento, que queremos evitar a todo custo, possamos ter isso na mão em quantidade suficiente”, diz.

Por enquanto não é possível saber se o AVC vai trazer alguma sequela para o ex-prefeito, Kumamoto afirmou que em termos de prognóstico não pode-se falar nada nesse momento, pois é muito precoce. “Cada organismo é um organismo e não sabemos ainda o potencial de recuperação do cérebro do Luciano, vamos aguardar o tempo, a avaliação vai ser diária inclusive com exame de imagem se for necessário, mas isso só daqui há alguns dias vamos poder falar alguma coisa a respeito de eventuais sequelas”, diz.

O ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN), passou por uma cirurgia de drenagem para retirar o sangue do cérebro após sofrer um AVC no início da tarde desta quarta (3). Ele está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sob o efeito de sedativos.  Agra tem 62 anos, foi prefeito de João Pessoa de 2010 a 2012 e se candidatou a suplente de senador nas eleições deste ano.

Marília Domingues / Thaísa Aureliano