João Pessoa 25/06/2018 06:20Hs

Início » Paraíba » ‘Clássico dos Maiorais’ e Botauto terminam empate; veja como fica classificação do Paraibano

‘Clássico dos Maiorais’ e Botauto terminam empate; veja como fica classificação do Paraibano

Primeiro Botauto do ano ficou em 1 a 1, enquanto o ‘Clássico dos Maiorais’ acabou em 2 a 2; Treze segue líder

clássico paraibannoDois grandes clássicos do futebol paraibano foram disputados na tarde deste domingo (1º), em João Pessoa e Campina Grande. Na Capital, Botafogo e Auto Esporte se enfrentaram no Estádio Almeidão. A partida teve início às 17h e foi transmitida ao vivo pelo Portal Correio, em parceria com o site Voz da Torcida. Já em Campina Grande, o confronto foi entre Campinense e Treze, às 16h, no Estádio Amigão. Os dois jogos foram válidos pela sexta rodada do Campeonato Paraibano 2015. O primeiro Botauto do ano ficou em 1 a 1, enquanto o ‘Clássico dos Maiorais’ acabou em 2 a 2. Com os resultados, o Treze segue líder da competição, com 15 pontos. Na vice-liderança está o Auto Esporte, que tem 13.

Em sua 213ª edição, o clássico ‘Botauto’ começou equilibrado, mas o Auto Esporte se mostrava ligeiramente melhor em campo. E não deu outra: o primeiro gol foi do alvirrubro. Aos 34 minutos da primeira etapa, Raphael Freitas recebeu de Gil Bala e, de carrinho, abriu o placar no Almeidão. O gol deu confiança ao Macaco Autino, que continuou chegando com perigo na área botafoguense. Os alvinegros, por sua vez, se mostravam acuados. Aos 43 minutos, Jó Boy soltou uma bomba e quase marcou o segundo para o Auto Esporte, mas a pelota esbarrou na trave.

No início do segundo tempo, o Botafogo começou a desenhar sua reação. Aos 4 minutos, Doda cruzou para Rafael Oliveira, que, de primeira, marcou o gol de empate. Pelo resto do tempo o Belo seguiu melhor na partida, mas não conseguiu garantir a virada.

Clássico dos Maiorais

Em Campina Grande, o jogo começou equilibrado, mas com o Treze um pouco melhor. Devido ao forte calor, foi necessária uma parada técnica, aos 21 do primeiro tempo. Os dois minutos de descanso foi suficiente para que o Treze se inspirasse. Aos 25, Maciel mandou a bola para o gol de primeira, após receber passe de Téssio. Depois de tomar o gol, o Campinense ainda tentou se restabelecer, mas não conseguiu criar nenhuma jogada que oferecesse risco ao Galo.

Os primeiros minutos da segunda etapa, no entanto, vieram em favor da Raposa. Aos 7 minutos Conrado sentiu uma distensão na virilha e obrigou o Treze a gastar a primeira substituição. Araújo entrou no lugar dele. Aos 19 minutos, Reginaldo Júnior respondeu ao gol do Treze e deixou tudo igual no clássico. Da grande área, ele mandou uma bomba que deixou o goleiro Paulo Musse sem chances de defesa.

A virada rubro-negra veio aos 32 minutos. Alvinho aproveitou contra-ataque e tocou para Felipe Alves ficar em posição privilegiada. O atacante só precisou ajeitar a bola e tocar de perna direita para fazer o gol. Porém, a alegria da Raposa não durou muito: aos 39, Alisson Santana mandou a bola de cabeça para o fundo do gol, deixando tudo igual no Amigão.

Tabela

Classificação

Pos. Equipe PG J V E D GP GC SG Aproveitamento
Treze 15 7 4 3 0 12 6 6 71%71%
Auto Esporte 13 9 3 4 2 8 7 1 48%48%
CSP 12 7 3 3 1 10 7 3 57%57%
Sousa 12 8 3 3 2 10 10 0 50%50%
Botafogo 10 5 3 1 1 6 2 4 66%66%
Santa Cruz 9 8 2 3 3 11 13 -2 37%37%
Campinense 8 5 2 2 1 9 5 4 53%53%
Atlético 6 6 1 3 2 8 8 0 33%33%
Lucena 4 6 1 1 4 8 12 -4 22%22%
10º Miramar 1 7 0 1 6 5 17 -12 4

 

Portal Correio