João Pessoa 21/06/2018 10:10Hs

Início » Paraíba » Daniella Ribeiro inicia ano de combate à violência psicológica em sessão especial do Dia da Mulher

Daniella Ribeiro inicia ano de combate à violência psicológica em sessão especial do Dia da Mulher

Daniela_Ribeiro_1_5.jpg.554x318_q85_cropCom o intuito de reduzir o número de casos de violência psicológica contra mulheres, a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) dará início, no próximo dia 12 de março, a uma série de ações para que 2015 seja o ano de combate a esse mal, que foi o segundo em número de relatos ao disque denúncia no ano passado.

 

“Xingamentos, ameaças verbais e humilhações, sejam elas públicas ou não, são apenas algumas das diversas formas de se coagir uma mulher, muitas vezes colocando-a em constante estado de pânico ou, até mesmo, em surto psicológico. Nosso dever é garantir o mínimo de ajuda para que essas mulheres possam sair dessa prisão imposta em casa”, afirma a deputada.

 

O pontapé inicial dessa campanha será na sessão especial que ocorre na próxima quinta-feira (12), no plenário José Mariz, da Assembleia Legislativa da Paraíba às 15h. Além da discussão sobre esse tema, a deputada pretende propor uma série de ações durante o ano, como a realização de um ciclo de palestras de conscientização e a criação de uma rede de colaboração voluntária, composta por um grupo de profissionais especializados, para atender mulheres vítimas de abuso psicológico, através de um aplicativo que garanta o anonimato sem deixar de prestar a ajuda necessária.

 

“Muitas mulheres têm medo de denunciar, inclusive por medo de sofrer novas agressões ou de serem ridicularizadas. Por isso, queremos viabilizar, em parceria com psicólogos, assistentes sociais e demais profissionais, uma rede de ajuda a essas vítimas”, disse.

 

Daniella também irá cobrar do Governo do Estado a ampliação do número de delegacias da mulher e seu total aparelhamento. “Temos cerca de trinta municípios com mais de 20 mil habitantes e em pontos estratégicos do nosso estado. Regiões como o Vale do Mamanguape, Litoral Sul, Vale do Piancó, por exemplo, carecem desse atendimento, e essa é uma luta que pretendo acompanhar de perto”, finalizou.

Assessoria Parlamentar