João Pessoa 20/06/2018 14:49Hs

Início » Paraíba » Deputado Frei Anastácio denuncia ação truculenta da PM contra posseiros em Mogeiro

Deputado Frei Anastácio denuncia ação truculenta da PM contra posseiros em Mogeiro

frei denuncia políciaO deputado estadual Frei Anastácio (PT) denunciou hoje uma ação da Polícia Militar contra posseiros no interior da Paraíba. Segundo o deputado petista, cerca 100 homens da Polícia Militar entraram em confronto com famílias na fazenda Paraíso, em Mogeiro, na manhã de hoje, durante uma tentativa de reintegração de posse. “Eles usaram spray de pimenta, bomba de efeito moral e até balas de borracha”, disse a irmã Tânia, coordenadora da Comissão Pastoral da Terra (CPT), que está na área.

 

Neste momento, está sendo articulada uma reunião entre representantes do Incra, o proprietário da fazenda,os trabalhadores,a CPT e o deputado estadual Frei Anastácio. A polícia recuou para que a reunião fosse realizada.

 

A fazenda, que tem 700 hectares, é um dos locais de conflito de terra no Estado.Segundo a Irmã Tânia, coordenadora da Comissão Pastoral da Terra (CPT), que está no local neste momento, as famílias estão resistindo e tentando negociar a permanência na terra onde elas moram há 50 anos.A fazenda Paraíso vem sendo considerada um local de conflito no estado, com constantes denúncias de ação de capangagem.

 

Conflito estende há um ano

 

Em junho deste ano, o deputado estadual Frei Anastácio (PT), enviou ofício à Secretaria de Segurança Pública, solicitando providências contra a ação de capangas na fazenda. “Os capangas já queimaram casa e utensílios domésticos, destruíram lavouras e promovem constantes tiroteios na área”, disse Frei Anastácio.

 

O deputado chegou a enviar ofício à Secretaria de Segurança solicitando apuração dos fatos na fazenda. Ele disse que os posseiros já foram várias vezes prestar queixa na delegacia de Mogeiro e não conseguiram fazer o boletim de ocorrência.

 

“Esses capangas são pagos para aterrorizar os posseiros, pelo proprietário da fazenda, José Guilherme, que também é dono da usina Maravilha e a Curangi, em Pernambuco”, informou o deputado.