João Pessoa 27/05/2018 13:49Hs

Início » Paraíba » Deputado minimiza ausência de Cássio no Estado e diz que liderança de Cartaxo é natural

Deputado minimiza ausência de Cássio no Estado e diz que liderança de Cartaxo é natural

Bruno Cunha Lima afirma que Cássio está se dividindo entre suas atribuições de senador com a presença na Paraíba, principalmente nos finais de semana.

bruno-cunha-lima-310x245-1O deputado estadual Bruno Cunha Lima (PSDB), minimizou a ausência do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) da Paraíba em virtude de seu trabalho como líder do PSDB no Senado e afirmou que o partido não tem receio da liderança do atual prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD) que desponta atualmente como um dos principais oposicionistas a Ricardo Coutinho (PSB) na Paraíba. Segundo Bruno, Cássio está se dividindo entre suas atribuições de senador com a presença ma Paraíba, sobretudo, nos finais de semana.

“O PSDB não tem receio de ninguém despontar como novo líder das oposições na Paraíba porque isso não é uma decisão que se toma dentro de um gabinete. Essa é uma questão que acontece naturalmente e a política é muito dinâmica”, afirmou.

Para ele, Cássio Cunha Lima continua sendo o maior líder das oposições na Paraíba, não apenas por ter disputado o Governo do Estado contra Ricardo Coutinho, mas também por ser uma das maiores lideranças políticas da Paraíba. “Não quer dizer que porque Cássio está em Brasília ele não cumpre papel de principal líder da oposição no Estado. Tem toda uma conjuntura, como de nos finais de semana ele estar aqui”, disse.

Segundo ele, é preciso diferenciar a situação do senador, que tem também atribuições de seu mandato na capital federal, principalmente neste momento em que ele afirma que a oposição à presidente Dilma Rousseff (PT) está sendo muito demandada. “A gente não pode misturar o papel que ele exerce enquanto líder da oposição nacional e senador com a exigência de que ele seja um firme opositor no Estado da Paraíba. Porque aí ele teria que deixar de estar cumprindo as obrigações dele lá para estar aqui todo dia e o papel dele não é esse. Ele foi eleito para ser senador”, explicou.

Blog do Gordinho