João Pessoa 22/05/2018 15:25Hs

Início » Paraíba » Enivaldo se reúne com diretório nacional do PP para se definir sobre candidatura de Daniella Ribeiro em CG

Enivaldo se reúne com diretório nacional do PP para se definir sobre candidatura de Daniella Ribeiro em CG

O presidente estadual do PP disse ainda que não há problemas para o PP se coligar com qualquer legenda. “É tudo questão de sentar e conversar”.

enivaldo rineiroO presidente estadual do PP na Paraíba, Enivaldo Ribeiro, afirmou que o partido está perto de se definir sobre qual posicionamento adotará nas eleições deste ano em Campina Grande. A pré-candidatura da deputada estadual, Daniella Ribeiro (PP), já não é mais certeza e ele garante que viaja nesta semana a Brasília para discutir com a executiva nacional do partido a candidatura própria. Segundo ele, não há problemas para o PP se coligar com qualquer legenda. “É tudo questão de sentar e conversar”, disse.

“Se Daniella é candidata ou não é o que está se definindo. No máximo em 15 dias a gente define isso. Tem a questão de partidos que tem que arregimentar e outras coisas que a gente está discutindo com o próprio partido em Brasília. Eu devo estar indo lá nesta semana, devo conversar com Aguinaldo e Daniella e depois disso é que vai ter as decisões, mas não passa destes quinze dias”, destacou.

Segundo ele, a viagem de Daniella Ribeiro a Brasília, que aconteceu na terça-feira da última semana, na qual também rendeu uma reaproximação entre Daniella e o deputado federal e pré-candidato a prefeito de Campina, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), além de ter uma pauta administrativa, foi também para articular apoios para sua pré-candidatura. “A viagem dela também foi para isso, para conseguir partidos para reforçar ela. E Aguinaldinho também está fazendo este trabalho”, afirmou.

Sobre a possibilidade de alianças com outras legendas, Enivaldo afirmou que o PP está aberto para qualquer outro partido. “Não existe impossibilidades com nenhuma legenda. A gente pode fazer qualquer composição, não temos inimizades com ninguém, o que temos são divergências políticas que podem ser sanadas. É questão de sentar para conversar e decidir as coisas”, declarou.

Blog do Gordinho