João Pessoa 18/06/2018 02:24Hs

Início » Paraíba » Gerente dos Correios é resgatado em canavial no município de Pedras de Fogo

Gerente dos Correios é resgatado em canavial no município de Pedras de Fogo

Megaoperação envolvendo policias da Paraíba e Pernambuco foi montada para resgatar o gerente e prender o grupo de assaltantes

POLÍCIA LIBERA GERENTE CORREIOO gerente da agência dos Correios de Juarez Távora, que estava desaparecido desde a segunda-feira (28), após um assalto à instituição, foi libertado pela Polícia Militar da Paraíba, na manhã desta quarta-feira (30), na zona rural de Pedras de Fogo, a 50 km de João Pessoa. A vítima foi encontrada em estado debilitado, no meio do canavial, sob o poder dos dois suspeitos do sequestro: Antônio Alexandre da Silva e Carlos Magno Soares, ambos de 28 anos e naturais do estado do Rio Grande do Norte.

De acordo com a Polícia Militar, desde a última segunda-feira uma megaoperação, que contou inclusive com o apoio de policiais dos estados de Pernambuco, foi montada para resgatar o gerente e prender o grupo de assaltantes. “Muitos policiais estavam envolvidos nesse trabalho, mas quem conseguiu localizar o grupo foram às guarnições da 1ª Cia de Pedra de Fogo e do 8º Batalhão de Itabaiana”, informaram os policiais.

Durante a abordagem policial, tanto os suspeitos quanto a vítima estavam em péssimas condições de saúde, devido às quase 72 horas que passaram ao relento dentro do mato. Tanto que os suspeitos não manifestaram resistência à prisão. “Eles informaram que, a princípio não havia a intenção de sequestro, mas que diante do fracasso da ação criminosa (onde não conseguiram levar o dinheiro da agência), resolveram levar os reféns no intuito de facilitar a fuga.Com eles foram apreendidas duas armas de fogo.

Já a vítima, além de debilitada, estava bastante nervosa. O gerente foi encaminhado ao hospital de Pedras de Fogo e passa bem. Segundo a polícia, as diligências continuam para localizar um terceiro suspeito que também participou do assalto aos Correios. Os suspeitos presos foram levados para a Delegacia Seccional de Itabaiana.

 ClickPB