João Pessoa 25/05/2018 05:18Hs

Início » Paraíba » Gervásio vê quebra de acordo a prorrogação do mandato do atual Diretório do PMDB da Capital

Gervásio vê quebra de acordo a prorrogação do mandato do atual Diretório do PMDB da Capital

gervásio quebra foto boaMais um capítulo da quebra de acordo do PMDB de João Pessoa, crise envolvendo os deputados Manoel Júnior (federal) e Gervásio Maia (estadual). Desembarcou na sede do partido um documento determinando a prorrogação do mandato dos atuais dirigentes para 30 de agosto. Porém, consta no Tribunal Regional Eleitoral que o prazo se inspirou na última terça-feira (14).

“Não tem prorrogação coisa alguma, pois tive a preocupação de pesquisar o site do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e lá não tem nenhuma informação neste sentido”, ressaltou o deputado Gervásio Maia. Ele disse que não “vou me pronunciar a respeito de um assunto que inexiste”, reiterou ele sobre a tal prorrogação.

Em contato com a reportagem do portal, Gervásio Maia adiantou que não acredita em prorrogação, “até porque o prazo já foi inspirado”, destacando que “se isso aconteceu houve quebra do acordo”. Questiona-se a decisão porque a Executiva estadual ainda não comunicou a Justiça Eleitoral sobre o fato.

A suposta prorrogação beneficia diretamente o deputado Manoel Júnior. A reportagem tentou ouvi-lo a respeito da decisão do Diretório nacional do PMDB, mas os telefones celulares do parlamentar estavam desligados.

Ao comentar sobre a hipótese de quebra de acordo, Gervásio resumiu assim: “É permissão, não obrigação”. Instado a falar se iria aceitar a decisão, ele reiterou que “não vou me pronunciar se não há uma informação oficial” e não fará nada neste momento. “Prefiro esperar”.

Gervásio negou que deixará o partido caso seja oficializado a quebra do partido. “Não é assunto pra agora; pois cão que ladra não morde”, tendo utilizado outro jargão: “Vamos ver o cenário; prudência e caldo de galinha não faz mal a ninguém”, concluiu.

Marcone Ferreira