João Pessoa 20/06/2018 23:00Hs

Início » Paraíba » João Pessoa sedia congresso sobre prevenção de HIV e Aids nesta terça

João Pessoa sedia congresso sobre prevenção de HIV e Aids nesta terça

Organizadores promovem oficina para jornalistas nesta segunda-feira. Evento nacional acontece no Centro de Convenções e vai até sexta.

AIDAComeçam nesta terça-feira (17), no Centro de Convenções de João Pessoa, em Jacarapé, o 10º Congresso Nacional de HIV/Aids e o 3º Congresso Nacional de Hepatites Virais. Os dois eventos, promovidos pelo Ministério da Saúde. A organização do evento espera uma participação de aproximadamente 3 mil pessoas nas discussões e oficinas, que também envolvem organizações internacionais e a sociedade civil.

Conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde, na Paraíba, os casos de Aids aumentaram gradativamente nos últimos três anos. Em 2013, foram registrados 409 casos, no ano passado foram 593 e antes mesmo de concluirmos 2015, o número de casos totalizados é de 672 casos confirmados de Aids. Ivoneide Lucena, gerente operacional DST/Aids na Paraíba, afirmou que somente em 2014, 110 pessoas morreram no estado em decorrência do HIV.

A programação oficial começa na terça, mas os organizadores do evento promovem uma oficina nesta segunda-feira (16) voltada apenas para os jornalistas. “O coordenador nacional de Aids estará presente, com dados, para discutir essa doença que é muito flexível, muito dinâmica”, comentou.

Foram disponibilizadas 100 vagas para a oficina, sendo 50 para jornalistas de todas as mídias da região, 30 para assessores das Secretarias e outros órgãos públicos envolvidos no apoio ao evento e 20 para estudantes interessados em participar da cobertura dos congressos.
O tema “Novos Horizontes, Novas Respostas” norteará os quase cinco dias de atividades dos dois congressos tendo como abordagens os principais tópicos que hoje permeiam as discussões em torno do HIV/Aids e das hepatites virais – entre prevenção, diagnóstico e tratamento.

Os eventos serão abertos, oficialmente, nesta terça-feira (17), às 16h, no Teatro Pedra do Reino, no Centro de Convenções. Logo após o momento solene, terá a conferência “Por que pensar no fim da epidemia em 2030?”, do médico e pesquisador argentino Julio Montaner.

Radicado no Canáda, Montaner – um dos grandes ícones da luta contemporânea contra a Aids, por ser criador da estratégia “Tratamento como Prevenção” (“Treatment as key to Prevention”/TasP) – estabeleceu parâmetros novos e revolucionários para as estratégias de enfrentamento ao agravo, com grande repercussão internacional.

G1-PB