João Pessoa 19/08/2018 09:47Hs

Início » Paraíba » Morrem no Trauma da Capital mais duas vítimas da explosão de caldeira em fábrica na PB

Morrem no Trauma da Capital mais duas vítimas da explosão de caldeira em fábrica na PB

Corpos dos operários devem ser liberados nas primeiras horas desta quinta-feira e levados para Sousa, onde eles serão velados e sepultados

trauma morre explosãoMorreram, na noite desta quarta-feira (8), mais duas vítimas da explosão em uma fábrica na cidade de Sousa (Sertão do estado, a 427 km de João Pessoa). A informação foi confirmada pelo Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na capital paraibana, para onde os operários foram transferidos após o acidente.

Quatro trabalhadores precisaram ser transferidos para João Pessoa devido aos graves ferimentos. De acordo com boletim médico, um operário de 36 anos recebeu alta na terça-feira (7) e outro de 50 anos permanece internado em estado grave. Jucélio Damião de Sousa, de 35 anos, e João Pereira, de 38, não resistiram aos ferimentos e faleceram.

Os corpos das vítimas foram levados à Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal de João Pessoa e devem ser liberados nas primeiras horas desta quinta-feira (9), quando será feita a condução deles para o município de Sousa, onde os operários serão velados e sepultados.

O acidente

A explosão em uma caldeira da fábrica de gênero alimentício Vó Ita Frios aconteceu na manhã da segunda-feira (6) e duas pessoas morreram ainda no local. “Devido à força da explosão, os funcionários foram arremessados e morreram na hora. Parte de estrutura da fábrica foi destruída”, informou o sargento Damião Bernardo, do 6º Batalhão de Bombeiros Militar, ao Portal Correio.

Estima-se que pelo menos outras 19 pessoas tenham ficado feridas. Os quatro feridos em maior gravidade tiveram que ser transferidos para o Trauma de João Pessoa, enquanto os outros foram atendidos no Hospital Regional de Sousa.