João Pessoa 19/08/2018 23:10Hs

Início » Paraíba » O sol da liberdade nunca se põe; mas o livro da Liberdade vai ter apresentação no Pôr do Sol Literário

O sol da liberdade nunca se põe; mas o livro da Liberdade vai ter apresentação no Pôr do Sol Literário

academia paraibana de letrasA Confraria Sol das Letras promove, nesta quinta-feira (dia 30), o XXX (30º) Pôr do Sol Literário no Pátio Academos, da Academia Paraibana de Letras. Esta edição registrará homenagem ao professor Afonso Pereira, por Clemilde Torres Perreira, além de promover debate em torno do livro “Dom Sertão, Dona Seca”, do escritor e poeta Otávio Sitônio Pinto.

O livro de Sitônio será apresentado pelo acadêmico Guilherme Gomes da Silveira d’Avila Lins. Em seguida, haverá o lançamento dos livros “Sentimento e tanto”, da escritora Carolina Lins, que será apresentado por Dayanna Correia Lins Tavares, e “Natureza de excelência da liberdade e da democracia” de Iremar Bronzeado, Washington Rocha, Catarina Rochamonte e Manuel Alves da Rocha, com apresentação do jornalista e escritor Washington Rocha.

O evento prosseguirá com performance artística de Rodrigo Kesselring, que tocará peças de Astor Piazzolla e Villa-Lobos. Por fim, esta edição do Pôr do sol destacará os trabalhos da artista plástica Socorro Lucena, natural de Itabaiana.

Sol das Letras

O Pôr do sol literário já se consolidou como um dos mais prestigiados eventos da área literária na Paraíba. O grupo Sol das Letras foi criado para estimular a produção, criação, divulgação e debate sobre a literatura paraibana, nos cenários regional e nacional.

A confraria tem por meta protagonizar, além do Pôr do sol, outras iniciativas, a exemplo da realização da I Flor (Festa Literária do Extremo Oriental), a premiação das melhores obras do ano e ainda um concurso público, com o objetivo de projetar a literatura paraibana, não apenas no Estado, mas em todo o país.

Portal Correio