João Pessoa 23/06/2018 14:15Hs

Início » Paraíba » Prefeitura de Cabedelo afasta médica após morte de bebê cuja mãe teve atendimento negado em hospital

Prefeitura de Cabedelo afasta médica após morte de bebê cuja mãe teve atendimento negado em hospital

Afastamento acontece durante as investigações e sindicâncias internas no hospital

Hospital teria negligenciado atendimento a mãe que estaria em trabalho de parto (Foto: Arquivo)

A médica responsável pelo atendimento de Jussara Guimarães dos Santos, mãe que teve o atendimento negado no Hospital e Maternidade Padre Alfredo Barbosa foi afastada do cargo durante as investigações do caso.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Cabedelo. De acordo com o órgão, enquanto o caso não for esclarecido, a médica, que não teve o nome divulgado, deverá ficar afastada da função, sem receber salário ou remuneração.

De acordo com o relato da mãe, por volta das 23h do último sábado (21), ela teria chegado ao hospital, mas teria sido mandada de volta para casa por que não teria dilatação suficiente para o parto. Ainda não estaria pronta.

No entanto, por volta das 5h do domingo (22), apenas algumas horas depois, Jussara teria tido o bebê em casa. O sofrimento já estava grande devido à rejeição do atendimento. No entanto, tudo começou a ficar pior quando o bebê não respirava.

No áudio gravado pelo WhatsApp e amplamente divulgado pela imprensa é possível identificar o sofrimento da mãe, que fala da criança ficando roxa, até que não respira mais e morre.

ClickPB