João Pessoa 19/08/2018 08:11Hs

Início » Paraíba » Renato Gadelha condena manobra do governador para ter acesso aos depósitos judiciais

Renato Gadelha condena manobra do governador para ter acesso aos depósitos judiciais

renato gad umO líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Renato Gadelha (PSC), utilizou a Tribuna da Casa de Epitácio Pessoa para condenar o que ele classificou de ‘manobra do governador’ para ter acesso aos depósitos judiciais e utilizar os recursos mesmo com o impedimento do Supremo Tribunal Federal. O parlamentar questionou um decreto do governador que o permite usar os depósitos.

Gadelha afirmou que “os recursos não pertencem aos bancos, à justiça ou ao governo, são propriedade dos litigantes e assim devem continuar”. O Líder da oposição chamou atenção para a diminuição do fundo de reserva previsto no decreto. “Antes só usariam 60% dos recursos, agora serão 70% e, registre-se, de forma irregular seja qual for o artifício utilizado pelo governador”.

Renato Gadelha rebateu o argumento de que o dinheiro será usado para quitar precatórios. “Se o governo tivesse, realmente, a intenção de pagar essas dívidas, estará fazendo o depósito obrigatórios dos recursos destinados ao pagamento de precatórios. A intenção do governo é utilizar estes recursos para reforçar o caixa do estado. Apesar de o discurso ser de contas equilibradas, todos sabemos que a Paraíba vem enfrentando sérias dificuldades”.

No fim do discurso, o Líder da Oposição garantiu que irá procurar o Poder Judiciário para tentar impedir que o governo tenha acesso aos depósitos judiciais. “Buscarei audiência com o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba que, juntos, possamos apela ao bom senso do governador para que ele não cometa essa grande injustiça com os paraibanos que estão envolvidos em disputas judiciais e não podem ser penalizados para cobrir despesas do governo do Estado”, encerrou Renato Gadelha.

Gabinete do Deputado Renato Gadelha

Assessoria de Imprensa