João Pessoa 25/06/2018 04:06Hs

Início » Paraíba » Renato Gadelha sugere que Governador economize exonerando comissionados que não trabalham

Renato Gadelha sugere que Governador economize exonerando comissionados que não trabalham

Renato-Gadelha--310x245- líderO líder da Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Renato Gadelha (PSC), ocupou a Tribuna da Casa para pedir bom senso aos deputados de situação no sentido de votarem contra a MP 242 que congela salários dos servidores do Estado.

“Acredito que os servidores do Estado não devem ser penalizados desta forma pelo Governador. Esta Casa, por diversas vezes, tentou ouvir Secretários para conhecer as reais condições do Estado e, desta forma, contribuir com sugestões. No entanto, não conseguimos ouvir os auxiliares da gestão do Estado”, disse o líder da Oposição.

Renato Gadelha sugeriu que o Governador exonere os comissionados e codificados “que recebem sem produzir. Sou a favor de todos que trabalham e acredito que o servidor é o maior patrimônio do Estado. Por isso entendo que com a economia gerada pela exoneração daqueles que nada produzem, deveria ser usada para conceder melhorias salariais para quem contribui com o crescimento da Paraíba”, destacou Renato.

O Líder da Oposição questionou as prioridades do Governo do Estado que ao mesmo tempo que congela salários propões a construção de um novo Centro Administrativo. “Como a Paraíba não tem recursos, segundo o Governador, para cumprir a lei da Data Base, mas encontra dinheiro para construir uma nova sede administrativa? Acredito que o atual Centro Administrativo tem totais condições de passar por uma adequação e atender às necessidades do Estado”, avaliou Gadelha.

O deputado Renato Gadelha adiantou que a oposição votará contrária à Medida Provisória. “Acredito que há outras formas de gerar economia sempre que a conta seja paga com quem trabalha e produz, fazendo funcionar a máquina do Estado”, finalizou Renato Gadelha.