João Pessoa 25/04/2018 14:32Hs

Início » Policial » Ação desarticula esquema criminoso na Paraíba

Ação desarticula esquema criminoso na Paraíba

Ação conjunta das Polícias Civis da PB e do PA desarticula esquema criminoso e repara prejuízo superior a R$ 150 mil

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações de João Pessoa (DDF), e a Polícia Civil do estado do Pará, por meio da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Belém/PA, conseguiu, na tarde dessa quinta-feira (24), localizar e apreender, na cidade de Belém/PA, cinco veículos negociados de maneira fraudulenta na cidade de João Pessoa. As investigações tiveram início há dois meses, quando a vítima, o proprietário de uma locadora situada no bairro de Tambaú, procurou a Polícia comunicando a conduta criminosa.

De acordo com o delegado de Defraudações e Falsificações de João Pessoa, Lucas Sá, a fraude foi praticada por uma associação criminosa com atuação em todo Nordeste, especializada no “golpe da locação”. Até o momento foram identificados quatro suspeitos, todos do estado do Pará. Um dos suspeitos apresentou-se como gerente de uma empresa de telefonia de Belém/PA, interessado na locação de cinco veículos, convencendo a vítima a entregar os veículos, com promessa de pagamento a cada 15 dias. No entanto, após a entrega, os suspeitos levaram os veículos aos estados do Pará e Piauí e a vítima passou a suportar todo o prejuízo, avaliado em mais de R$ 150 mil. Além da falta de pagamento e desaparecimento dos cinco automóveis, descobriu-se que os suspeitos utilizaram documentos falsos no ato das locações.

Após diversas diligências, feitas em conjunto pelas Polícias Civis da Paraíba e do Pará, os cinco veículos foram localizados e devolvidos para a vítima no final da tarde dessa quinta-feira, aqui em João Pessoa Os quatro suspeitos identificados foram devidamente qualificados e interrogados. Todos responderão pelos crimes de estelionato, uso de documento falso, falsidade ideológica e associação criminosa e podem pegar mais de 20 anos de reclusão. Segundo o delegado, os suspeitos que foram identificados e interrogados não foram presos porque não havia mais flagrante, deverão, portanto, serem presos assim que a investigação for encaminhada para a Justiça. Outros possivelmente envolvidos faltam ser ouvidos pela Polícia.

A DDF representará pela prisão preventiva de todos os envolvidos, uma vez que não residem na cidade de João Pessoa e fazem parte de uma associação, com atuação em toda região Nordeste. A Polícia Civil orienta que são comuns as fraudes na locação de veículos com documentos falsos, devendo-se tomar um cuidado redobrado, formalizando todas as negociações e verificando a documentação pessoal dos locadores. Quaisquer denúncias sobre crimes desta natureza poderão ser encaminhadas à DDF pelo telefone 197, Disque Denúncia da Secretaria de Segurança e Defesa Social da Paraíba, com sigilo garantido..

PB Agora