João Pessoa 16/08/2018 06:14Hs

Início » Policial » Polícia prende casal suspeito de comandar tráfico de drogas e praticar homicídios no Litoral Sul

Polícia prende casal suspeito de comandar tráfico de drogas e praticar homicídios no Litoral Sul

Marcos Honório é considerado um homem perigoso, investigado como autor de vários assassinatos, inclusive de pessoas que não tinham nenhum envolvimento com o tráfico

O casal é suspeito de praticar os crimes de tráfico de drogas e homicídios no município de Caaporã (Foto: Walla Santos)

Uma ação da Polícia Civil, por meio do Núcleo de Homicídios do Litoral Sul da Paraíba, com o apoio da Polícia Civil do Rio Grande do Norte, realizou, nessa quarta-feira (27), no município de São Gonçalo do Amarante (RN), a prisão de Marcos Honório Junior, 31 anos, e Ecilana Kellyvan Melo de Oliveira, 33 anos. O casal é suspeito de praticar os crimes de tráfico de drogas e homicídios no município de Caaporã. A maioria das mortes atribuídas a Marcos Honório está relacionada à disputa de território para a venda de entorpecentes.

Marcos Honório é considerado um homem perigoso, investigado como autor de vários assassinatos, inclusive de pessoas que não tinham nenhum envolvimento com o tráfico. As investigações mostram que ele é um dos autores do triplo homicídio registrado no dia 8 de setembro de 2016 no município de Caaporã, que teve como vítimas Agrinaldo Pereira da Silva, Walmir Ramos Correia e Célio Severino Francisco. O nome de Marcos Honório também aparece no inquérito que apura um duplo homicídio na cidade de Cupissura. O crime aconteceu no dia 12 de novembro de 2016 e foram assassinados Jackson de Oliveira Gomes e David da Silva.

A polícia também encontrou indícios que mostram que Marcos Honório foi o autor dos disparos que atingiram Adriano Medeiros Gomes, assassinado no dia 30 de outubro de 2016, no município de Alhandra. Durante a prática deste crime, outras quatro pessoas ficaram feridas. Uma das vítimas, uma criança de apenas um ano, ficou paraplégica em razão da lesão provocada pela bala que atingiu a coluna. Desde a descoberta da participação do investigado com estes crimes, os policiais realizaram buscas nos locais onde o suspeito costumava ser visto, mas Marcos Honório conseguiu fugir da Paraíba e ficou escondido até hoje quando foi identificado o local que ele e a mulher estavam.

Durante a prisão, os policiais encontraram com o casal três armas de fogo, dois revólveres calibre 38 e um rifle calibre 36, além de várias munições. Marcos Honório e Ecilana foram encaminhados para a Central de Polícia no Geisel, em João Pessoa, para aguardar pela audiência de custódia.

ClickPB